Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Expulso no 1º tempo, Hummels solta o verbo contra Antony e chama de "farsa" a atitude do brasileiro

O Borussia Dortmund foi derrotado em casa pelo Ajax na quarta rodada da fase de grupos da Champions League e ficou em situação delicada na busca por vaga nas oitavas de final. Os holandeses venceram por 3 a 1, de virada.

Aos 29 minutos do primeiro tempo, quando o jogo ainda estava empatado sem gols, o zagueiro Mats Hummels foi expulso em um lance bastante polêmico e contestado. 

Na jogada, Hummels dá um carrinho para tentar roubar a bola do atacante brasileiro Antony no meio de campo e o árbitro inglês Michael Oliver aplica o cartão vermelho direto para o alemão. 

Nas imagens da TV é possível perceber que Hummels não atinge Antony, que chega a pular e, inclusive, pisa nas pernas do defensor sem querer. Mesmo assim, o VAR não recomendou a revisão e a expulsão foi confirmada.

Veja no vídeo abaixo:

Depois da partida, Hummels se disse chocado com a decisão do árbitro. "Foi uma decisão errada, absurda", comentou o zagueiro em entrevista à "DAZN".

"Não sei como como o árbitro de um suposto nível de Champions League me deu esse vermelho. Eu disse na hora que ele tinha que olhar o VAR e depois mudar a expulsão pelo amarelo, no máximo. Ele decidiu o jogo e ele sabe disso", continuou.

Hummels também criticou duramente a atitude de Antony, que se jogou no gramado e ficou rolando após a jogada. "A atuação do meu rival não deve ser ignorada, isso é grosseiramente antidesportivo. É uma farsa. Antony é um grande jogador, mas ele tem que se tornar um grande atleta", finalizou.

Na Alemanha, a opinião de que o juiz errou ao expulsar Hummels é unânime. Thorsten Kinhöfer, especialista em arbitragem do jornal Bild, colocou a culpa no árbitro de vídeo, que deveria ter recomendado a mudança de cartão.

"Dependendo de como você vê o lance ali, pode parecer que foi violento. Mas o VAR viu que o Hummels deslizou e não acertou o Antony. Isso é, no máximo, cartão amarelo. Sinceramente não tenho alguma explicação pelo qual o árbitro de vídeo não chamou". 

Comentarista da "DAZN", o ex-jogador Sandro Wagner também se revoltou com a expulsão: "Este é um típico carrinho do Hummels. Ele faz isso há 35 anos e nunca foi expulso assim. O árbitro é inglês, né? Isso aí não é nem para cartão amarelo", disparou.

Com a derrota no Signal Iduna Park, o Borussia Dortmund estacionou nos seis pontos, mas ainda na segunda colocação da chave. O Sporting, de Portugal, também tem seis, em terceiro. E os dois times se enfrentam na próxima rodada, em Lisboa. O Ajax se classificou.

Nenhum comentário