Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Hummels ainda acredita em seu retorno à seleção alemã: "Não estamos tão mal assim"

No começo deste mês de março, o técnico Joachim Löw informou que não chamará mais Mats Hummels, Jerome Boateng e Thomas Müller para seleção alemã, dando continuidade ao processo de renovação na Mannschaft após o fiasco da Copa do Mundo de 2018.

O zagueiro Hummels, no entanto, acredita ainda que poderá voltar a vestir a camisa da Alemanha em breve. "Venho jogando há muitos anos em alto nível, por isso não descartaria um retorno", disse o jogador logo após a eliminação do Bayern na Champions League.

"Nós não estamos tão mal assim", completou Hummels, defendendo também seus companheiros Boateng e Müller.


Hummels avisou que pretende atuar por mais alguns anos na seleção, apesar da decisão de Löw. "Espero jogar em alto nível por mais alguns anos. Você nunca sabe o que pode acontecer. Talvez aconteçam problemas de lesão. Talvez ainda estejamos muito bem quando chegar a Euro 2020. Tudo é possível", completou.

Desde 2010, o zagueiro do Bayern de Munique fez 70 jogos com a camisa da Alemanha e marcou cinco gols. Ele não estará na convocação de Joachim Löw para os jogos contra Sérvia (amistoso em 20 de março) e Holanda (eliminatórias da Euro em 24 de março), mas ele quer voltar. "Jogar pela seleção alemã é o ápice", finalizou.

Um comentário:

  1. Espero que seja um corte provisório,os três estão em má fase,como todas da seleção alemã,a começar pelo Löw.

    ResponderExcluir