Ad Home

Últimas

teste de anúncio

As últimas táticas e anotações de Joachim Löw como treinador da seleção alemã

A derrota por 2 a 0 diante da Inglaterra, nas oitavas de final da Euro 2020, foi o último jogo de Joachim Löw como treinador da seleção alemã. 

+ Joachim Löw teve quase 70% de aproveitamento em 198 jogos pela Alemanha; veja números

Ele comandou a equipe por quase 15 anos e agora dá lugar a Hansi Flick.

Após a eliminação e a saída da delegação do estádio de Wembley, em Londres, a reportagem do diário Bild entrou no vestiário da Alemanha e encontrou as últimas táticas e anotações de Löw como técnico da equipe.

Eram seis folhas de papel um tanto quanto amassadas.

A primeira mostrava uma situação de escanteio para Inglaterra, com Kimmich pegando a primeira trave, Goretzka na segunda e Kroos, Ginter e Gosens bloqueando os rivais na marca do pênalti. Mais próximos a Neuer ficavam Hummels, Rüdiger e Havertz.

Na segunda anotação, uma situação de cruzamento em cobrança de falta para os ingleses. Werner e Müller na barreira, Kroos mais avançada e outros sete atletas posicionados para entrarem na área no cruzamento.

A terceira folha de papel mostrou uma batida de falta direta do adversário. Uma barreira com quatro jogadores e Gosens, Kroos e Goretzka flutuando na marcação. Müller mais solto e Werner pronto para puxar o contra-ataque.

A quarta anotação era uma situação de escanteio para os alemães. A ideia era Kroos bater na primeira trave para Ginter e Werner aparecer na segunda trave para completar. A importante função de Müller era bloquear o defensor que chegaria em Ginter.

Na quinta folha, cruzamento da Alemanha em batida de falta. Kroos e Gosens na cobrança e cinco jogadores entrando na área para o cabeceio, perto da marca do pênalti.

E, por último, cobrança de falta direta. Kroos e Havertz eram os encarregados da batida, com Müller e Hummels fazendo uma barreira alemã para atrapalhar a visão do goleiro da Inglaterra. Nesse papel, Kroos e Kimmich estavam designados para bater pênalti.

Tags: Joachim Löw, Seleção Alemã, Seleção da Alemanha, Mannschaft

2 comentários:

  1. Já saiu a convocação da seleção alemã para as Olimpíadas?

    ResponderExcluir
  2. Estas fotos explicam muita coisa do futebol alemão!!! Não surpreende os últimos quase 7 anos de lambanças e vexames históricos. Põe inclusive dúvidas quanto ao título de 14 (um tanto esquisito, dado que depois o campeão do mundo não fez mais nada e chegou a ser goleado 2x4 pelo vice em amaistoso há dias do encerramento da Copa! Sou do tempo em que um campeão do mundo, ao menos nos anos seguintes à conquista, ainda se impunha como tal. Os campeões de hoje são eliminados na primeira fase da Copa seguinte! É no mínimo, curioso, para ser bondoso e complacente com o "business" em que se transformou o futebol, onde as seleções não escapam ao modus operandi geral. O que conforta um pouco aos torcedores é de que a Alemanha é uma potência econômica, com muita força nos bastidores (sempre foi), na UEFA e na FIFA, e logo conquistará outros títulos futuros (é preciso ganhar, tal qual nosso cenário doméstico, Flamengo, Corinthians e cia, precisam ganhar títulos! De um jeito ou de outro, mas ao menos com um time mais ou menos competitivo...). Entretanto, será necessário esperar um pouco, o surgimento de uma geração um pouco melhor tecnicamente! O problema é dar margem para Espanha, os latinos da europa (com chance de ganhar) serem TETRA e por assim, mandarem na Euro!!! Aí o "merchandising" dentro da Alemanha não vai gostar nada disso e vai pressionar a DFB! VAi ser interessante! A Mannschaft já viveu períodos assim antes, vide o pós 96 até 2006, que foi terrível, apesar do incrível e inesperado vice de 2002 (com a pior seleção alemã de todos os tempos, segundo a própria crítica local, que considerou esta "conquista" um paradoxo do futebol. Mais um, diga-se de passagem!). Mas esta geração, realmente, discordando de alguns e pedindo a licença destes (com respeito a todas as opiniões), não é tão talentosa assim, é muito "marketing" e "new visual" e pouca bola no pé! Vamos combinar que tem uns "caneleiros na seleção atual" (Rudigger, Ginter, Werner, Voland, por favor!) e outros "sonos" (Sané), os velhinhos (Hummels, Muller), os fashion (Kroos, Havertez), o melhor do mundo (Neuer), os "arroz de festa" (Gosen, Gnabr) e algumas promessas (Kimmich e Kimmich e aquele loirinho, camisa 6, e...). Dios mio, coitado do Herr Flick, que fria heim Flick? Abraços aos amigos! Será que não seria melhor, como humilde sugestão: irlandadonortefc? Aí se empatar com a Hungria é festa e perder pra Inglaterra é normal! Ou seja, não cria expectativas na galera!

    ResponderExcluir