Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Metzelder, ex-Schalke e Dortmund, confessa crime de pornografia infantil e é condenado

O ex-zagueiro Christoph Metzelder, que na Alemanha defendeu Borussia Dortmund e Schalke, além da seleção nacional, confessou nesta quinta-feira, durante julgamento na Corte de Düsseldorf, a posse e divulgação de imagens de pornografia infantil.

Metzelder foi acusado de ter enviado 29 arquivos de exploração sexual contra crianças e adolescentes para três mulheres. Uma delas alegou ter recebido os arquivos no WhatsApp e entrou em contato com a polícia.

Após o julgamento, ele foi condenado a 10 meses de prisão em liberdade condicional.

"Obtive imagens e fiz capturas de vídeo em sites de livre acesso. Troquei fantasias sexuais em chats. Aceito a punição e peço perdão às vítimas de violência sexual. Terei de viver com esta culpa perante a sociedade para o resto da minha vida, uma ferida que nunca vai sarar", disse o ex-atleta no tribunal.

Segundo o "Sport1", Metzelder se emocionou durante a sessão e pediu perdão pelo que fez. Foi a primeira vez que ele falou sobre o caso.

Na denúncia do Ministério Público consta que o ex-jogador teria quase 300 arquivos de abuso contra crianças e adolescentes em seu celular, mas ele não confirmou.

Aos 40 ano de idade, Metzelder trabalhava como comentarista na da Sky Sports na Alemanha até começar a ser investigado, em setembro de 2019.

Revelado no Preussen Münster, teve boas passagens por Dortmund e Schalke, além de também ter atuado pelo Real Madrid. Metzelder estava na seleção alemã que foi vice-campeã da Copa do Mundo de 2002.

Nenhum comentário