Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Borussia Dortmund vacila no fim e perde do Manchester City no jogo de ida das quartas da Champions

O Borussia Dortmund levou um gol aos 45 minutos do 2º tempo e perdeu do Manchester City por 2 a 1 no jogo de ida das quartas de final da Champions League, na Inglaterra.

O jogo de volta será na quarta-feira da semana que vem, no Signal Iduna Park. Ao Dortmund só resta vencer: por 1x0 ou por dois ou mais gols de diferença. Se repetir o placar de 2x1 a seu favor, tenta a sorte na prorrogação ou pênaltis.

Sem Sancho, o técnico Edin Terzic surpreendeu na escalação do BVB, colocando o jovem atacante Knauff entre os titulares - ele tem apenas 19 anos de idade - e deixando Reyna, Hazard e Brandt no banco de reservas.

E o garoto alemão pouco ajudou na etapa inicial, amplamente dominada pelo Manchester City. De Bruyne abriu o placar aos 19 minutos, após erro de passe de Emre Can no meio de campo e contra-ataque mortal dos ingleses.

Na sequência, o árbitro marcou pênalti de Can sobre Rodri, mas depois de analisar o lance no VAR, retirou a penalidade.

O Dortmund poderia ter empatado aos 36 minutos com Jude Bellingham, que disputou a bola com o goleiro Ederson e saiu livre para marcar. O juiz, entretanto, viu falta do meia aurinegro e parou a jogada sem que ela fosse completada.

No começo do segundo tempo, Haaland saiu na cara de Ederson e parou em grande defesa do goleiro brasileiro.

Os visitantes passaram a ocupar mais o campo ofensivo e ficaram expostos. Em um rápido contra-golpe pela direita, o Manchester City quase ampliou com Foden, finalizando da entrada da pequena área e ficando em defesa do goleiro Hitz, com o pé direito.

Aos 39 minutos, quando o jogo estava lá e cá, Haaland deu uma assistência espetacular para Marco Reus, que ficou cara a cara com Ederson e colocou no cantinho, anotando o empate na cidade de Manchester.

Mas, nos acréscimos, Gündogan recebeu na área e só rolou para Foden marcar o segundo dos anfitriões, decretando o placar final.

Nenhum comentário