Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Adeus, hepta! Bayern é valente, vence o PSG na França, mas está eliminado da Champions League

O Bayern de Munique foi valente, bateu de frente com o Paris Saint-Germain na França e venceu o jogo por 1 a 0, mas o triunfo foi insuficiente para garantir vaga na semifinal da Champions League. Como perderam em casa por 3 a 2 na semana passada, os alemães precisavam de mais um gol para avançar.

O PSG encara o classificado de Borussia Dortmund e Manchester City, que jogam nesta quarta-feira.

Fora da Liga dos Campeões, resta ao Bayern agora a Bundesliga, uma vez que o time também está fora da Copa da Alemanha. No Campeonato Alemão, os Bávaros lideram com cinco pontos de vantagem em relação ao RB Leipzig.

Ainda sem Lewandowski e Gnabry, Choupo-Moting mais uma vez foi escolhido para o ataque. Já Goretzka, mesmo sendo relacionado, acabou não ficando nem no banco de reservas. Alaba e Kimmich formaram a dupla de volantes, com Henandez e Boateng na zaga.

Coman e Sané fizeram os flancos, com Thomas Müller centralizado no meio-ataque. Davies jogou pela lateral esquerda e Pavard atuou pela direita.

Jogando em casa, o PSG dominou boa parte do primeiro tempo e criou as melhores oportunidades. Neymar chegou a acertar a trave duas vezes e ainda parou em defesaça de Manuel Neuer, que saiu nos pés do atacante e bloqueou a finalização.

Além de Neymar, Mbappé também levou muito perigo à defesa bávara, com muita movimentação.

O Bayern teve dificuldades para superar a defesa parisiense. Mas conseguiu abrir o placar aos 40 minutos, quando Choupo-Moting pegou rebote do goleiro Navas em finalização de Alaba e mandou paras as redes de cabeça.

Pouco antes do intervalo, Alaba soltou uma bomba de fora da área e Navas mandou para escanteio.

A etapa final foi bem mais truncada que a primeira, mas o Bayern ditou o ritmo da partida e não permitiu mais lances de real perigo do PSG até, pelo menos, os 30 minutos do segundo tempo.

Mas a equipe alemã precisava de mais um gol e se abriu, permitindo muitos contra-ataques dos franceses na reta final. Quando os anfitriões conseguiram arrancar em velocidade, aos 33, Mbappé balançou as redes, mas a arbitragem anotou impedimento.

O Bayern de Munique martelou demais nos minutos finais, rondou a área do PSG a todo momento, mas não conseguiu o gol salvador. Adeus sonho do hepta da Champions League.

Nenhum comentário