Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Joachim Löw explica goleada de 6x0 sofrida diante da Espanha: "Jogadores não queriam jogar"

No último mês de novembro, no ano passado, a seleção alemã foi impiedosamente goleada pela Espanha na Liga das Nações e levou de 6 a 0, jogando na cidade de Sevilha. Foi um baque para os torcedores e a pressão sobre o técnico Joachim Löw aumentou.

Em entrevista à revista Kicker, o comandante da Mannschaft tentou explicar os motivos que levaram o time a perder de uma forma tão vergonhosa. Löw revelou que os jogadores estavam com medo da Covid-19 e não queriam viajar para jogar.

Clique aqui e confira a agenda completa de jogos da Alemanha

"Nós cumprimos todos os requisitos e todos os protocolos. Fomos extremamente disciplinados, extremamente. Mas antes do jogo de sábado contra a Ucrânia, à tarde, ainda não sabíamos se íamos jogar. O vírus tinha se espalhado na equipe adversária", comentou o técnico.

Vale ressaltar que a Alemanha venceu a Ucrânia por 3 a 1 neste duelo.

"Os nossos jogadores não tinham a certeza se podiam jogar, mas nos disseram que sim, uma vez que todos testamos negativo", continuou.

Depois, Joachim Löw falou do jogo com a Espanha, na terça-feira seguinte.

"No domingo, recebi a mensagem de que haviam mais jogadores da Ucrânia infectados. Antes de voarmos para Espanha, os jogadores me disseram: 'Professor, Espanha é uma zona de alto risco, não queremos ir. Tenho uma namorada grávida em casa, a minha mãe e o meu pai pertencem a grupos de risco'. Claro que entendi isso. Raramente vi jogadores tão inseguros. Durou até ao apito inicial em Sevilha", completou.

Tags: Seleção Alemã, Alemanha, Mannschaft, Seleção da Alemanha

4 comentários:

  1. Agora é a vez de Klop. Esse treinador já deu o que tinha que dá.

    ResponderExcluir
  2. Vergonhosa a derrota de 6 a 0 para a Espanha, pior ainda essa desculpa esfarrapada. A Espanha venceu porque jogou melhor e ponto final. Se for assim também , a seleção brasileira levou de 7 a 1 porque os jogadores não estavam a fim de jogar. Low ja era pra ter saído do comando da seleção desde a vergonha da copa de 2018. Klopp ou Hanz Flick tem condições de deixar a seleção em nível mundial outra vez.

    ResponderExcluir
  3. Covardia colocar a culpa nos jogadores.. técnico fraco.. muito fraco.. desperdiça uma das melhores gerações que a Alemanha ja teve.. Hanz Flick no Bayern com 70% de joga dores de seleção triturou todo mundo na Champions.. Neuer, Boateng, Sule, Kimmich, Goretzka, Muller e Gnabry

    ResponderExcluir
  4. Esse trinador é o pior da história !

    ResponderExcluir