Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Lewandowski conta como uma aposta com Jürgen Klopp o fez "explodir" para o futebol

Robert Lewandowski foi eleito o melhor jogador do mundo da última temporada, superando Messi e Cristiano Ronaldo. E o atacante do Bayern de Munique não esconde a importância que Jürgen Klopp teve em sua carreira, lá no início.

Lewa chegou ao Borussia Dortmund em 2010 e, em texto publicado no "The Players Tribune", o centroavante polonês destacou o início de trajetória no clube da Bundesliga. 

"Quando cheguei mal sabia falar alemão. Sabia dizer 'danke', que significa 'obrigado'. Também sabia dizer 'scheisse' [merd*, em alemão]", comentou o camisa 9 bávaro.

"Com Klopp, a intensidade nos treinos é muito, muito alta. Eu estava desesperado para deixar a minha marca e ele quis me desafiar. Então, logo nos primeiros meses, decidimos fazer uma aposta. Se eu marcasse 10 gols durante os treinos, ele me dava 50 euros. Se eu não conseguisse, eu teria de pagar", recorda.

E Lewandowski continuou: "Nas primeiras semanas, eu tive de pagar quase todos os dias. E ele só se ria. Mas depois de alguns meses, o jogo virou e era eu quem estava ganhando dinheiro com a aposta. Então ele um dia virou para mim e disse: 'Pronto! Ok! Já chega. Acho que já está pronto'".

Para o atual atacante do Bayern de Munique, Klopp foi mais do que um treinador. Lewa o considerava como um membro da sua família.

"Naaquela altura não pensei, mas agora percebi que as conversas que tinha com Jürgen eram as mesmas que eu desejava ter tido com o meu pai. Aquelas que eu não tive a oportunidade de ter em muitos, muitos anos. Eu podia falar com Jürgen sobre qualquer coisa. Eu podia confiar nele. É um homem de família e não foi apenas uma figura paterna para mim", finalizou.

Robert Lewandowski conquistou a Bundesliga duas vezes com Jürgen Klopp, no Borussia Dortmund. Pelo Bayern, foram outras seis conquistas do Campeonato Alemão.

Tags: Lewandowski, Bundesliga, Alemão, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Campeonato Alemão, Bundesliga

Nenhum comentário