Ad Home

Últimas

teste de anúncio

CAIU! Schalke perde a paciência com David Wagner e demite o técnico após derrota em casa

Por Carlos Eduardo Schön (@cadado_schon)

E, enfim, David Wagner caiu. Após o revés de sábado na Bundesliga diante do Werder Bremen, por 3 a 1, na Veltins Arena, Jochen Schneider, diretor esportivo do Schalke, perdeu, definitivamente, a paciência com seu treinador.

Segundo informações de Sascha Bacinski, repórter do canal Sky, da Alemanha, Wagner já havia sido informado de sua saída logo após o fim do jogo contra o Bremen, porém somente na manhã deste domingo é que o clube de Gelsenkirchen tornou a demissão pública. 

Além da derrota em casa contra o Werder, pesou também a humilhante goleada por 8 a 0 sofrida contra o Bayern, na estreia. Contando a temporada passada, o clube azul não vence na Bundesliga há 18 jogos.

“Nós todos tínhamos esperança, de que teríamos uma mudança esportiva com David Wagner. Infelizmente os primeiros jogos da nova temporada não nos trouxeram os resultados e o desempenho esperados. Decidimos, por isso, por seguir o caminho de um novo recomeço”, disse Schneider aos veículos de imprensa na manhã deste domingo.

“Apesar dos resultados decepcionantes, essa não foi uma decisão simples”, completou o diretor esportivo. E importante mencionar que a saída de Wagner também representa a saída dos assistentes técnicos Christoph Bühler e de Frank Fröhling. 

Para os próximos jogos, é provável que Norbert Elgert, comandante do sub-19, seja o treinador interino do Schalke. Enquanto isso, para assumir a vaga de Wagner, já há alguns nomes especulados, como o do belga Marc Wilmots, por exemplo.

Wilmots foi o técnico da Bélgica na Copa de 2014 e ex-atleta do próprio Schalke, onde levantou a Copa da Uefa em 1997. Com duas passagens como técnico pelo clube, Ralf Rangnick foi outro nome já ventilado em Gelsenkirchen.

Em participação na manhã deste domingo do programa da Sky alemã "Sky90- die Fußballdebatte", o alemão foi perguntado se aceitaria mais um convite para dirigir a equipe. Recusar parece que Rangnick não iria.

"Se eu dissesse que o Schalke não me interessaria, eu estaria mentindo".

Nenhum comentário