Ad Home

Últimas

teste de anúncio

As chances alemãs na corrida pela Euro 2020

Joachim Löw na seleção alemã (Fonte: DFB)

A temporada 2020/21 está prestes a começar e a Euro 2020, agendada para os meses de junho e julho de 2021, ainda figura como uma realidade distante. Os grandes craques do continente europeu têm toda uma temporada ao serviço dos respetivos clubes antes de se juntarem às suas seleções para disputar a prova de seleções mais importante do continente.

A cerca de 11 meses do início da competição, o que nos dizem as cotações sobre as probabilidades sobre a hipótese da "Die Mannschaft" erguer o troféu?

Alemanha, no topo a par da Espanha

Unanimemente reconhecida como uma das mais bem cotadas e temidas da Europa, a seleção da Alemanha compartilha o trono com a Espanha no que diz respeito ao número de títulos continentais conquistados.

Ainda que tenha conquistado as suas duas primeiras edições enquanto Alemanha Ocidental, a formação germânica ascendeu ao topo do futebol europeu em 1972, 1980 e 1996, as mesmas três vezes que a seleção espanhola.

No que ao número de finais perdidas respeita, a Alemanha também sucumbiu em três ocasiões (1976, 1992 e 2008), registo apenas igualado pela extinta União Soviética. Já na mais recente edição do torneio, disputada em 2016, a equipe germânica se ficou pelas semis, etapa do torneio em que perdeu para a anfitriã França, que viria a sair derrotada na decisão com a seleção portuguesa. 

"Die Mannschaft" fora do "top 3" de favoritos 

As cotações flutuam constantemente e decerto que no dia 11 de junho de 2021, data do pontapé de saída na Euro 2020, as mesmas já terão sofrido várias alterações. Até lá, os eleitos de Joachim Löw vão estar envolvidos na disputa da UEFA Nations League 2020/21, prova em que integram o grupo 4 junto com Espanha, Ucrânia e Suíça.

Em novembro de 2019, na antevisão ao derradeiro encontro da fase de classificação para Euro 2020, Joachim Löw exclui a seleção sob sua tutela das favoritas à conquista do troféu, considerando que seleções como Inglaterra, França, Espanha, Itália, Bélgica e Holanda "estão acima" da Alemanha.

Curiosamente, as cotações para apostas online em futebol refletem de uma forma quase fiel aquela que é a ideia defendida por Joachim Low. No momento em que escrevemos essas linhas, a Alemanha é tida apenas como a quinta favorita a vencer a Euro 2020, em uma lista que é encabeçada pela Inglaterra com uma cotação de 6.4 para vencer a prova.

À frente dos germânicos estão, para lá do time britânico, a Bélgica com 6.8 e a França, associada a valores de 7.4, ao passo que a probabilidade de a Espanha se sagrar campeã da Europa está a 9, em igualdade com a Alemanha nesse sentido. Holanda e Itália, nações contempladas por Low, surgem atrás e de forma consecutiva. 

Assim, o objetivo alemão na Euro 2020 passará por contrariar as cotações para tentar voltar a erguer o troféu mais importante do "velho continente". O pontapé inicial da competição está agendado para o dia 11 de junho no Estádio Olímpico, em Roma, ao passo que a final se disputará em Wembley passado exatamente um mês. Ausente de uma decisão continental desde 2008 (a Alemanha se sagrou no entanto campeã mundial em 2014), a Alemanha quer voltar a chegar na decisão de um campeonato da Europa. 

Nenhum comentário