Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Hakimi decide e Borussia Dortmund vence duelo complicado na República Tcheca pela Champions

Depois de empatar sem gols com o Barcelona na estreia da Champions League, em casa, o Borussia Dortmund foi até a República Tcheca nesta quarta-feira e venceu o Slavia Praga em um duelo bastante complicado pela segunda rodada do grupo F: 2 a 0.

Na terça: Gnabry dá show, marca 4 gols e Bayern de Munique enfia 7 a 2 no Tottenham

Os aurinegros foram aos quatro pontos na ponta da chave, deixando os tchecos com um. Mais tarde, Barça e Inter de Milão se enfrentam na Espanha, sendo que ambos também somam um ponto cada.

O Slavia dificultou demais o jogo para o time alemão. No total, os donos da casa finalizaram 16 vezes contra a meta do goleiro Bürki, enquanto o BVB deu nove chutes (só quatro no alvo). A posse de bola foi praticamente dividida ao longo dos 90 minutos.


A primeira boa oportunidade do primeiro tempo foi de Jadon Sancho, que chutou raspando a trave logo no começo. A equipe de Praga criou três boas chances para marcar na primeira metade do jogo e, em uma delas, Bürki salvou os alemães.

Aos 35 minutos, Brandt lançou o lateral Hakimi, que avançou em velocidade no contra-ataque pela direita, entrou na área, driblou o zagueiro, passou pelo arqueiro adversário e marcou um belo gol de perna esquerda.


Na etapa final, o Slavia Praga teve mais posse de bola e tentou buscar o empate no embalo da sua torcida, que lotou o Sinobo Stadium. Foram muitas finalizações contra o gol do Borussia Dortmund, com Bürki trabalhando bem em, pelo menos, três lances.

Com Marco Reus apagado e sem o lesionado Paco Alcácer, a equipe germânica não conseguiu se organizar nos contra-golpes e assustou muito pouco a meta adversária. Mas segurou o excelente triunfo fora de casa.

Aos 44, em uma das únicas boas investidas em contra-ataque, Brandt lançou novamente para Hakimi, que avançou livre pela esquerda e soltou a bomba rasteira cruzada para anotar o segundo gol do Borussia Dortmund e garantir os três pontos.

Nenhum comentário