Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 30ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Jiri Pavlenka (Werder Bremen)

O Bremen perdeu de 1x0 para o Bayern. E não é exagero dizer que foi só 1x0. Isso porque Pavlenka estava lá para garantir que a derrota não fosse maior. Foram 6 defesas ao longo dos 90 minutos.

Zagueiros: Jonathan Schmid (Augsburg), Niklas Süle (Bayern de Munique) e Philipp Max (Augsburg)

Atuando como um lateral direito, Schmid foi essencial para abrir o caminho da goleada do Augsburg sobre o Stuttgart. Foi dos pés dele que nasceram as assistências para os dois primeiros gols.

Com uma exibição defensiva segura, Süle ainda viveu um raro dia de artilheiro e salvador da pátria. Em uma partida que o gol do Bayern sobre o Bremen teimava em não sair, o zagueiro marcou o tento da vitória em chute de fora da área.

Se Schmid brilhou no lado direito pelo Augsburg, o responsável por fazer o mesmo pela esquerda foi Max. Depois de muito tempo, fez a diferença no ataque ao marcar dois gols.

Meio de Campo: Marco Reus (Borussia Dortmund) e Andrej Kramaric (Hoffenheim)

É possível que Reus não só apareça nessa seleção, como também tenha sido o craque da rodada. Ele decidiu o jogo para o Dortmund contra o Freiburg ao fazer um gol e conferir duas assistências.

Não há nenhuma novidade no fato de Kramaric aparecer bem pelo Hoffenheim. E contra o Schalke não foi diferente, já que o croata deu uma assistência a ainda deixou o seu gol.

Pontas: Karim Onisiwo (Mainz) e Marcel Halstenberg (RB Leipzig)

É impressionante o que tem jogado Onisiwo sob o comando de Sandro Schwarz. O austríaco foi responsável por um gol e uma assistência no triunfo sobre o Düsseldorf.

Depois de ser convocado para a seleção alemã, Halstenberg melhorou ainda mais o seu desempenho. Contra o Gladbach, ele marcou os dois gols que deram os 3 pontos ao Leipzig.


Atacantes: Marco Richter (Augsburg), Ishak Belfodil (Hoffenheim) e Lucas Alario (Bayer Leverkusen)

O novo técnico Martin Schmidt deu outra postura ao Augsburg, que passou a ver em Richter um grande goleador. Contra o Stuttgart foram dois, além de uma assistência.

Poucos acreditavam que Belfodil faria a temporada que está fazendo. Novamente o argelino foi às redes duas, dessa vez na goleada sobre o Schalke.

Desde a chegada de Bosz ao Leverkusen, Alario ficou mais no banco do que jogou. Talvez seja a hora do comandante repensar isso, já que o argentino participou dos dois gols da sua equipe, com uma assistência e um gol frente ao Nuremberg.

Nenhum comentário