Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Na volta de Marco Reus, lei do ex entra em ação, Dortmund cai em Augsburg e pode perder a liderança

Mais um tropeço do líder Borussia Dortmund dentro da Bundesliga. Nesta sexta-feira, na abertura da 24ª rodada, o time comandado pelo técnico Lucien Favre foi até a cidade de Augsburg e perdeu dos donos da casa por 2 a 1.

Os dois gols foram de Ji Dong-won, atacante sul-coreano que já foi jogador do BVB em 2014, sem conseguir se firmar naquela ocasião.

A derrota mantém o Dortmund com 54 pontos, mas a liderança está ameaçada. Caso o Bayern de Munique vença o Borussia M'gladbach por sete gols de diferença fora de casa, no sábado, os Bávaros alcançam os mesmos 54 pontos e assumem a ponta no saldo de gols.

É difícil, mas vai saber.

Já o Augsburg chegou aos 21 pontos, se afastando da zona de rebaixamento.


A partida na Baviera marcou o retorno do meia-atacante Marco Reus ao BVB - ele havia ficado de fora dos quatro últimos jogos da equipe aurinegra por conta de uma lesão muscular. Ainda sem ritmo e bastante discreto, o camisa 11 deixou o gramado aos 20 minutos do segundo tempo, dando lugar a Guerreiro.

O primeiro tempo teve o Dortmund com mais posse de bola, mas o Augsburg, quando atacava, conseguia levar perigo. E o primeiro gol dos donos da casa saiu aos 24 minutos, com o sul-coreano Ji Dong-won - a jogada começou com falha de Zagadou na lateral e assistência de Hahn.

A melhor chance dos visitantes saiu dos pés de Bruun Larsen, que recebeu passe preciso de Götze na entrada da pequena área, ficou cara a cara com o jovem goleiro suíço Gregor Kobel, de apenas 21 anos de idade, mas finalizou em cima do arqueiro adversário.


A etapa final foi bem parecida com a primeira. E, novamente, quem marcou foram os anfitriões. Aos 23 minutos, Ji puxou contra-ataque, invadiu a área e deu um lindo toque por cima do goleiro Roman Bürki, marcando um golaço por cobertura. Uma pintura na WWK Arena.

Paco Alcácer, que entrou no segundo tempo, teve a chance para diminuir, mas parou em uma defesa espetacular de Kobel, no canto. Faltando 10 minutos para o fim do jogo, Götze tabelou com Sancho na área e deixou a bola na marca do pênalti para Alcácer balançar as redes, anotando o primeiro do BVB

Nos minutos finais, o Dortmund pressionou demais em busca do empate. O jovem Kobel apareceu mais uma vez ao interceptar um chute perigoso de Götze, no cantinho, garantindo o triunfo do time da casa.

Nenhum comentário