Ad Home

Últimas

teste de anúncio

10 a 2! Schalke sofre nos pés de Sané, apanha do Manchester City e está fora da Champions League

Quando saiu o sorteio das oitavas de final da Champions League, Schalke e Manchester City foi considerado o duelo mais desequilibrado entre todos os oito. E não deu outra. Favoritaço, o time inglês venceu os dois jogos diante dos alemães, com um placar agregado de 10 a 2.

Nesta terça-feira, na Inglaterra, o Schalke foi presa fácil e acabou goleado: 7 a 0. Revelado nos Azuis-Reais, Leroy Sané foi o grande destaque do jogo, com um gol marcado e três assistências.

Essa foi a maior derrota de um time alemão em toda história da Liga dos Campeões.


Precisando fazer pelo menos dois gols para conseguir o milagre da classificação, a equipe de Gelsenkirchen até que começou bem, com boa posse de bola e algumas chegadas ao ataque. Mas o jogo honesto do Schalke durou até os 30 minutos. Depois disso, os ingleses atropelaram em ritmo de treino.

Aos 33 minutos, Bruma derrubou Bernardo Silva na área e o árbitro marcou pênalti depois de consultar o VAR - Sergio Agüero bateu com cavadinha e abriu a conta. Na sequência, Sterling deu passe de calcanhar para Agüero ampliar, finalizando por entre as pernas de Fährmann.

Ainda no primeiro tempo, Sané recebeu de Zinchenko e fez o terceiro.


No começo da etapa inicial, Sané balançou as redes mais uma vez, mas o tento foi anulado pelo VAR. Depois, Sané cruzou e Sterling marcou um belo gol, o quarto dos donos da casa. O lance, a princípio, foi anulado por impedimento, mas depois de o juiz consultar o vídeo, foi validado.

Sem forçar muito a barra, o Manchester City fez o quinto: após boa troca de passes no campo de ataque, Sané cruzou e Bernardo Silva deixou sua marca. Aos 33, Sané deu passe espetacular para Phil Foden driblar Fährmann e anotar o sexto; seis minutos mais tarde, Gabriel Jesus chutou da entrada da área e marcou o sétimo.

E o Schalke não ameaçou a meta do goleiro Ederson em nenhum momento. O brasileiro não precisou lavar o uniforme depois do jogo.


Nenhum comentário