Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Novo atacante do RB Leipzig, brasileiro Matheus Cunha mira seguir trajetória de Werner: "Vim aqui para competir"

Por Taynã Melo
@mellotainan

Paraibano de 19 anos foi anunciado durante a Copa do Mundo pelos Saxões e espera manter o desenvolvimento que resultou em sua contratação

No RB Leipzig, saiu um brasileiro e entrou outro durante o intervalo entre as temporadas. O defensor  Bernardo assinou contrato com o Brighton & Hove Albion e os Saxões anunciaram a contratação do atacante Matheus Cunha. O jogador de 19 anos nasceu em João Pessoa, na Paraíba, começou a carreira nas categorias de base do Coritiba e se transferiu ao Sion, da Suíça.

Após boa campanha no campeonato nacional, o jogador foi adquirido pela diretoria germânica em um contrato válido por cinco temporadas.

Uma de suas principais características mais destacadas é a velocidade. O time tem uma espinha dorsal formada por jovens e velozes jogadores que fazem o jogo fluir muito bem. Prova disso é o sucesso do Leipzig nas duas primeiras temporadas na elite nacional e o reconhecimento internacional, com participações elogiáveis na Uefa Champions League e Uefa Europa League.


Matheus destacou que Timo Werner é um bom jogador que pode servir como referência, mas o brasileiro observa primeiro o fato de aprimorar suas características para manter o progresso em sua — até aqui — breve trajetória no futebol.

“Eu vim aqui para competir. Eu vim aqui para ajudar o time, assim como eles vão me ajudar. Eu sou um jogador de equipe, técnico e rápido, mas eu não sou tão rápido quanto Timo Werner. Eu só quero ser bem-sucedido e crescer como jogador”.

Os diretores do RB Leipzig ficaram impressionados com os números de Matheus Cunha no Sion. Em 33 jogos nos últimos 12 meses, marcou dez gols e anotou oito assistências, principalmente no Campeonato Suíço. Apesar de ser mais efetivo como centroavante, mantém a mesma habilidade se atuar pelos lados do campo.

Matheus deixou bem claro que conversou com outros brasileiros que estiveram na disputa do Campeonato Alemão até o último mês de maio. Além do defensor Bernardo, o lateral-esquerdo Douglas Santos, rebaixado no Hamburgo, também foi questionado sobre o futebol de alto nível na Alemanha.

“Eu perguntei ao Bernardo sobre a Bundesliga e sobre o RB Leipzig. O Bernardo me disse que o RB Leipzig é uma equipe muito forte e que a Bundesliga é uma liga muito forte. Disse que o nível é muito alto e que é o melhor local para o desenvolvimento de um jogador”.

Um dos grandes passos para a adaptação rápida é o uso do idioma. O atacante Bruma fala português por nascer em Guiné-Bissau e atuar na Seleção de Portugal. Mas, durante o tempo que esteve no Sion, aprendeu francês e dá seus primeiros passos em alemão.

Sem grandes destaques no futebol brasileiro, Matheus Cunha pode se tornar mais um bom jogador presente no elenco do RB Leipzig. A partir do próximo mês de agosto poderemos observar isso, uma vez que os Touros Vermelhos irão disputar a Bundesliga, a DFB-Pokal e a Uefa Europa League.

Nenhum comentário