Ad Home

Últimas

teste de anúncio

O talento de Bailey tem tudo para dar certo na Bundesliga

Por Matheus Fiuza
@matfiuza

A Bundesliga é um celeiro de talentos. A cada temporada que passa, mais jovens jogadores vão ganhando espaço entre os titulares nas equipes alemãs, independente da posição, do momento financeiro da equipe e do desempenho esportivo.

Seu espaço! Tenha seu texto sobre futebol alemão publicado no Alemanha FC

A bola da vez da atual temporada é Leon Bailey. A revista Kicker publicou nesta semana que o jovem destaque da Bundesliga já estaria sendo cogitado para substituir Ribéry e/ou Robben em um futuro próximo no Bayern de Munique. Diante disso, vamos destrinchar um pouco sobre esse garoto, para mostrar o porquê de um suposto interesse do Gigante da Baviera.


Contratado junto ao Genk, da Bélgica, no início de 2017 por 13,5 milhões de euros, o jamaicano foi uma contratação pedida pelo então técnico Roger Schmidt. Pouco depois de um mês, Schmidt foi demitido, e o comando técnico dos "werkselfs" assumido pelo turco Tayfun Korkut. Bailey pouco atuou nesses primeiros meses de Leverkusen, participando apenas de 10 jogos, saindo do banco em todas as ocasiões.

Em contrapartida, a temporada 17/18 tem sido o contrário dos seus primeiros meses na Alemanha. Com a chegada de Heiko Herrlich ao time da Bayer, o meia-atacante de 20 anos já participou de 21 partidas nesta temporada, sendo 18 na Bundesliga e 3 na DFB Pokal. Bailey já soma 8 gols no Alemão, artilheiro da equipe na competição, e 5 assistências, atrás apenas do seu (também ótimo) companheiro Kai Havertz. Um dos jogos mais marcantes é o empate em 4-4 com o Hannover 96, onde Bailey entrou no intervalo e balançou as redes duas vezes.

O jamaicano vem demonstrando muitos predicados, fato que justifica a escolha de Herrlich. Jogando mais aberto no meio-campo, ora pela esquerda ora pela direita, sua incisividade e precisão nos dribles – 6º no quesito dribles completos – vem deixando muitos defensores com dor de cabeça.

O camisa 9 do Leverkusen ainda tem outra arma: os chutes de longa distância. É o 4º que mais finaliza de fora da área, apesar de ter feito apenas 1 gol dessa maneira. Apesar disso, ainda mostra algumas dificuldades normais, como o timing para soltar a bola e uma contribuição defensiva não tão significativa.

Bailey tem a cara da Bundesliga: jogador de transição, explosão e muita qualidade técnica. Os cortes da direita para o meio, típicos de Robben, e a personalidade e os dribles de Ribéry certamente chamam a atenção dos bávaros. Resta saber qual será o tamanho do jamaicano na Alemanha, pois talento e personalidade não lhe faltam.

Nenhum comentário