Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Irmão mais novo de Sami Khedira recusa convite para jogar a Copa 2018 por seleção africana

O volante Rani Khedira, irmão mais novo de Sami Khedira, jogador da Juventus, recebeu um convite da Federação da Tunísia para jogar a Copa do Mundo de 2018 com a camisa do país africano, mas recusou. Vale lembrar que os ambos os irmãos são de origem tunisiana e nasceram na Alemanha.

Atualmente com 24 anos de idade e defendendo o Augsburg, Rani alegou que não sabe falar árabe ou francês, as duas línguas predominantes na Tunísia, e, além disso, não se sente confortável em tirar espaço de outro jogador que atuou na campanha das Eliminatórias africanas para o Mundial da Rússia.


"Nasci e cresci na Alemanha, só falo alemão. O meu jogo é muito focado na comunicação. Não posso ajudar a equipe do jeito que eu gostaria nessas condições", disse Rani Khedira. "Também não quero roubar o lugar de outros que, nos últimos anos, estiveram mais comprometidos com os objetivos da Tunísia", finalizou.

Já Sami Khedira, de 30 anos de idade e bem mais famoso e vitorioso que o irmão, atua na poderosa Juventus e é presença certa na lista da seleção da Alemanha para disputa da Copa 2018.


Nenhum comentário