Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Dortmund afunda o Colônia e volta à liderança; Hoffenheim tropeça e Bayer Leverkusen vence a primeira

Com uma atuação segura e bastante consistente no Signal Iduna Park, o Borussia Dortmund fez 5 a 0 sobre o Colônia e reassumiu a liderança da Bundesliga com 10 pontos, mesma pontuação do Hannover, mas os aurinegros têm saldo de gols maior e levam vantagem no desempate. O Colônia, por sua vez, segue na lanterna da competição sem qualquer ponto - foram quatro derrotas em quatro rodadas e só um gol marcado.


E a vitória começou a ser construída logo aos dois minutos de jogo, quando Yarmolenko fez boa jogada individual pela direita e cruzou na cabeça de Philipp, que abriu o placar. Nos acréscimos da etapa inicial, Sokratis fez o segundo, o juiz chegou a anular o tento, mas o árbitro de vídeo entrou em ação para validar.

Aubameyang fez de tudo para balançar as redes no segundo tempo e conseguiu. Aos 14 minutos, o árbitro de vídeo foi acionado de novo e marcou pênalti para o BVB - mão na bola de Klünter. O gabonês bateu com categoria para ampliar. No lance seguinte, Piszczek arrancou pela direita e cruzou na medida para Auba marcar mais um, seu segundo no duelo.

Para definir o marcador, Dahoud deu a assistência para Philipp marcar o quinto do Dortmund e o seu segundo na partida.

Quem também poderia alcançar os 10 pontos na ponta da tabela era o Hoffenheim, mas o time do técnico Julian Nagelsmann vacilou em casa e cedeu o empate por 1 a 1 ao Hertha Berlim. Os anfitriões marcaram logo no começo do duelo com Sandro Wagner, enquanto Esswein igualou para equipe da capital, no segundo tempo.

O Hoffe tem agora oito pontos, na quarta posição. Já o Hertha foi aos cinco, em 11º.

Logo abaixo dos berlinenses aparece o Bayer Leverkusen, que conquistou sua primeira vitória na temporada e chegou aos quatro pontos, ocupando a 12ª colocação. Jogando na BayArena, os Leões atropelaram o Freiburg e golearam por 4 a 0.

Em um primeiro tempo avassalador, o Leverkusen abriu três gols de vantagem com Volland, aos 21 minutos, Aranguiz, aos 29, e de novo Volland, aos 34. A equipe da casa seguiu melhor na etapa final, perdeu muitas chances e conseguiu ampliar já na reta final, com Julian Brandt. O atacante Volland chegou a marcar mais uma vez, mas foi o tento anulado com o auxílio do árbitro de vídeo.

Nenhum comentário