Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Conheça a história do "Meisterschale", a salva de prata que o campeão da Bundesliga levanta

Você conhece a história da taça de campeão da Bundesliga? A taça, na verdade, que não é bem uma taça. É uma espécie de prato, uma salva de prata.

Mas nem sempre era ela. De 1903 a 1944, o campeão alemão ficava com o troféu Viktoria – ou o nome completo Viktoria Meisterschaftstrophaee -, doado pelo príncipe Wilhelm da Prússia. A princípio, o troféu seria concedido de forma alternada ao campeão alemão de futebol e ao campeão alemão de rúgbi, mas como o futebol tornou-se o esporte mais popular na Alemanha, o troféu então ficou em poder da DFB (Federação Alemã de futebol).

Leia também: Confira os mascotes dos principais clubes do futebol alemão


Esse nome foi dado em homenagem à deusa romana da vitória, chamada Victoria.

O último time a ganhar o Viktoria foi o Dresdner SC, que aplicou uma goleada de 4 a 0 sobre o Luftwaffen SV Hamburg, clube da força aérea do país, no estádio Olímpico de Berlim, em 1944. O troféu desapareceu durante a Segunda Guerra Mundial e foi encontrado muitos anos depois no cofre de um banco na Alemanha Oriental. Um torcedor do Dresdner havia colocado o objeto lá para maior segurança.

Enquanto isso, um novo troféu havia sido produzido em 1949, o Meisterschale, a salva de prata, apelidado carinhosamente de "prato de salada".

O Meisterschale original tem diâmetro de 50 centímetros e valia aproximadamente 18 mil marcos alemães (cerca de 12 mil dólares). De acordo com a DFB, o valor atual do troféu é aproximadamente 50 mil marcos alemães – 34 mil dólares. Desenhado por Elisabeth Treskow, o prato de prata pesava 5,5 quilos e possuía cinco jóias turmalinas grandes e onze pequenas.

Leia também: O que significam as estrelas nas camisas dos times alemães?

O nome de todos os campeões alemães desde 1903, começando pelo VfB Leipzig (atualmente Lokomotive Leipzig), estão esculpidos no objeto. Sabe-se lá porque Elisabeth fez nesse formato redondo e curioso.

No começo da década de 80, o troféu tornou-se pequeno para inscrições dos futuros campeões, portanto, um anel de prata foi acrescentado por baixo, sendo preso ao objeto original por uma espécie de cinta, também de prata. Este anel aumentou em 45 milímetros o aro original e possui cinco turmalinas cobertas por ouro.

O artista que desenhou e produziu o "novo" Meisterschale foi Adolf Kunesch. Atualmente, o troféu tem um diâmetro de 59 centímetros e pesa aproximadamente 11 quilos.

Leia também: Todas as transferências no mercado da bola na Alemanha

Confira o vídeo


Nenhum comentário