Joachim Löw fala em "orgulho" e "magia" após título inédito da Alemanha



Joachim Löw já se transformou em um dos técnicos mais vitoriosos de toda história da seleção alemã. Primeiro foi o título da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e agora a conquista da Copa das Confederações, na Rússia, mesmo utilizando jogadores considerados reservas, sem os principais nomes do país.


Sobre a grande final diante do favorito Chile, o treinador admitiu que seu time sofreu no início do jogo, acusando algum nervosismo, mas também elogiou a combatividade dos seus jogadores no triunfo por 1 a 0 na decisão.

"Esta equipe conseguiu uma performance extraordinária neste torneio. Na final brigamos por cada metro do gramado. Estou muito orgulhoso por tudo o que fizeram. No início do jogo estivemos um pouco nervosos, mas uma final tem essa coisa de magia. O segundo tempo foi mais duro e mais tenso, os chilenos não facilitaram em nada", disse o comandante.

"Posso dizer que cada um desses jogadores que estiveram neste grupo estão agora em melhor posição do que estava antes da Copa das Confederações. Nós queríamos que os atletas progredissem com esta experiência e tenho certeza que conseguimos. Mas defender um título Mundial é uma coisa mais difícil, muito mais difícil", finalizou Löw.



    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário