Seleção da 5ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC



Goleiro: René Adler (Hamburgo)

O Hamburgo conseguiu segurar o poderoso Bayern de Munique por 87 minutos. Isso se deve em grande parte ao ex-goleiro da seleção alemã. Fazendo um total de 7 defesas, algumas delas incríveis, fez o adversário sofrer para ganhar o jogo. O gol tomado não foi sua culpa.

Zagueiros: Jeffrey Gouweleeuw (Augsburg) e Michael Hector (Eintracht Frankfurt)

O Augsburg não sofreu qualquer gol contra o Darmstadt. Um dos motivos foi a atuação de Gouweleeuw, que esteve sempre seguro e soberano na zaga.

O jamaicano Michael Hector teve de substituir David Abraham lesionado e não decepcionou: Fez o gol que garantiu o empate do seu time nos últimos minutos de jogo.

Laterais: Kostas Stafylidis (Augsburg) e Łukasz Piszczek (Borussia Dortmund)

O grego Stafylidis foi acionado o tempo inteiro durante a partida contra o Darmstadt. Auxiliou tanto na defesa quanto no ataque, conseguiu 5 desarmes e 4 cortes, além de 3 chutes a gol.

Pela segunda rodada seguida, Piszczeck deixou o dele. Sempre sendo uma arma no apoio ao ataque, também esteve seguro na defesa.

Meio de campo: Joshua Kimmich (Bayern de Munique) e Alexander Esswein (Hertha Berlim)

Kimmich organizou o meio de campo do time bávaro pelo lado direito e esteve sempre presente. Foram 85% de aproveitamento nos passes e ainda 4 chutes a gol. Para coroar a partida, fez o tento da vitória a 3 minutos do fim.

Esswein entrou no intervalo e mudou com a cara do jogo. Após a sua entrada, o Hertha passou a jogar melhor e o jogador deu assistência e ainda marcou um bonito gol após driblar o seu marcador.

Pontas: Ousmane Dembélé (Borussia Dortmund) e Serge Gnabry (Werder Bremen)

Dembele foi possivelmente o melhor em campo do BVB. O tempo inteiro incisivo, foi dor de cabeça para a defesa do Freiburg durante toda a partida. Para completar, deu a assistência que resultou no primeiro gol dos aurinegros.

Gnabry foi decisivo na primeira vitória dos Papagaios na temporada. Explorou muito bem a sua velocidade e sempre articulou as jogadas do time. Outro que deu assistência para gol.

Atacantes: Chicharito Hernandez (Bayer Leverkusen) e Vedad Ibisevic (Hertha Berlim)

"Ervilhinha" mostrou porque é um verdadeiro matador. Três gols, dois deles em ligação direta, em que o mexicano estava no lugar certo, na hora certa e com finalização perfeita. É o principal jogador dos Aspirinas até aqui.

O Hertha marcou três gols na partida. E Ibisevic teve participação em todos eles. Dois gols (um de pênalti) e uma assistência.

    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário