Ad Home

Últimas

Cristiano Ronaldo 3 x 0 Wolfsburg. Lobos sucumbem em Madri e estão eliminados



Fim da linha para o Wolfsburg na Liga dos Campeões da Europa. Mesmo após a boa vitória em casa na semana passada, o time alemão não viu a cor da bola diante do Real Madrid no duelo da volta e perdeu por 3 a 0, dando adeus à competição nas quartas de final. Os três gols dos merengues foram anotados por Cristiano Ronaldo.

No placar agregado, 3 a 2 para o Real, que avança à semifinal da Champions.

O começo de jogo dos Lobos na Espanha até que foi bom. A equipe conseguiu segurar o ímpeto do Real Madrid nos 15 primeiros minutos e fez um duelo de igual para igual, mantendo bem a posse de bola no campo de ataque. Mas depois disso o time alemão sucumbiu a Cristiano Ronaldo e levou dois gols em apenas dois minutos.

Aos 16, o lateral Carvajal cruzou da direita, a bola passou por Dante e por Naldo e chegou livre na segunda trave para o português marcar. No minuto seguinte, aos 17, Toni Kroos bateu escanteio na cabeça de CR7, que escorou longe do alcance do goleiro Benaglio. O arqueiro do Wolfsburg ainda teve que trabalhar em chute de Benzema, evitando o terceiro dos anfitriões.

Lesionado, Draxler deixou o campo ainda aos 30 minutos e deu lugar a Max Kruse. O time germânico assustou o Real em dois lances: no primeiro, o goleiro Navas defendeu um chute venenoso de Luiz Gustavo de fora da área, e um pouco antes do intervalo, Bruno Henrique recebeu na área e finalizou em cima da marcação de Sergio Ramos.

Sem poderio ofensivo no início da etapa final, o Wolfsburg ficou acuado em seu campo de defesa, levou pressão dos espanhóis e se arriscou em poucos contra-ataques. E quase os donos da casa fizeram mais um. Após escanteio cobrado por Kroos, Sergio Ramos subiu mais alto que a zaga e testou firme, mas a bola pegou na trave e rolou caprichosamente em cima da linha até chegar em Benaglio.

De tanto insistir, o Real Madrid ampliou a vantagem aos 32 minutos, para delírio dos torcedores. Luiz Gustavo cometeu falta na entrada da área e Cristiano Ronaldo fez cobrança para anotar seu "hat-trick" no duelo, furando a barreira e acertando o canto do goleiro dos Lobos. Depois, Benaglio ainda fez duas lindas defesas em chutes de Benzema e CR7.

O Wolfsburg tentou o gol da salvação nos minutos finais em uma pressão desordenada, mas não teve força e deu adeus ao torneio.

Um comentário:

  1. Os lobos cometeram erros que não se podem cometer num jogo tão decisivo! Primeiro, não se pode tomar um gol tão infantil como aquele primeiro! A bola cruzou lentamente toda área da defesa e ninguem cortou. Resultado Ronaldo fez um dos gol mais fáceis de sua carreira!!
    Segundo grande erro o segundo gol dos espanhois , um gol de cruzamento onde Ronaldo sobe sozinho no 1º pau!!! Como pode uma zaga alta como a dos Lobos toma um gol de cabeça de um jogador onde o forte não é o jogo aéreo?? -
    Terceiro ato: Numa falta (Inexistente, diga-se de passagem!) a barreira "abriu" com medo de bolada!!! Pelo amor de Deus, o jogador é pra se jogar sobre a bola para que ela não chegue ao gol e era assim que era pra ter sido feito e não a barreira abrir infantilmente!!!
    Soma-se a isto a falta de controle emocional da equipe após o primeiro gol!!
    Méritos para o Real Madri, mas os deuses do futebol estiveram do lado deles nos dois gols rápidos, logo em seguida a fatídica contusão do cérebro do Wolfsburg, Draxler!!
    Acho ainda que faltou um pouco de ousadia por parte do treinador alemão. Se ali houvesse um treinador "copeiro" saberia perfeitamente tirar proveito da vantagem adquirida na Alemanha!
    Fim de linha para os Lobos mas nada apaga a excepcional campanha da equipe! Espero que o Wolfsburg possa ser a referência para equipes intermediárias da Bundesliga, que seja possível qualquer uma destas equipes mostarem as suas caras e fazerem bonito na UEFA Champions League!!!

    ResponderExcluir