Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Tensão no Bayern pode causar saída de Hansi Flick ao fim da temporada. E a seleção alemã agradece

O Bayern de Munique conquistou seis títulos de seis possíveis na temporada passada, é o atual líder da Bundesliga e ainda tem chances de avançar à semifinal da Champions League, por mais que tenha que vencer o PSG na França.

+ Clique aqui e leia mais notícias sobre o Bayern de Munique

Os resultados mostram que o trabalho do técnico Hansi Flick é excelente. Mas isso não garante sua permanência no clube bávaro para a próxima temporada.

O Bayern de Munique está passando por uma séria crise interna, com uma relação bastante conturbada entre o comandante e o diretor esportivo Hasan Salihamidzic, principalmente na questão da política de contratações.

A relação entre ambos já não era das melhores e um último incidente estremeceu de vez o ambiente: a direção anunciou que não vai renovar com Jerome Boateng e deixou Hansi Flick furioso.

O presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge, já avisou que é preciso colocar um ponto final nos conflitos internos para que o time consiga alcançar seus objetivos. 

"Devemos estar unidos, devemos trabalhar juntos de uma maneira harmoniosa, leal e profissional. É isso que peço claramente à direção esportiva. Sempre foi isso que distinguiu o Bayern de Munique", disse Rummenigge em declarações ao jornal 'Bild'.

Mas, ao que parece, esse conflito não deve acabar tão cedo. O ex-jogador Lothar Matthäus considera impossível que o técnico Hansi Flick e o diretor esportivo Hasan Salihamidzic continuem trabalhando juntos no Bayern, já que as perspectivas de ambos são completamente distintas. E não é de hoje.

"Eles têm opiniões diferentes, por exemplo, sobre o planejamento da equipe para a próxima temporada. Não acho que isso possa ser resolvido, os dois pensam de forma muito diferente", afirmou Matthäus também ao "Bild".

Para o ex-camisa 10 da seleção alemã, o Bayern terá que escolher entre Flick e Salihamidzic a partir da próxima temporada, e que o dirigente tem mais possibilidades de seguir no clube.

E mais do que isso. Matthäus avisou que isso deve ser anunciado mais cedo do que todos imaginam.

Caso Hansi Flick deixe o Bayern de Munique, seu destino mais provável é a seleção alemã. Ele é um dos favoritos a assumir a vaga de Joachim Löw, que deixa a Mannschaft após a disputa da Eurocopa.

Vale lembrar que o atual técnico do Bayern de Munique era o auxiliar de Löw na Copa do Mundo de 2014, quando a Alemanha sagrou-se tetracampeã mundial.

É esperar para ver.

Tags: Alemanha, Seleção alemã, Bayern de Munique, Bundesliga, Campeonato Alemão

Nenhum comentário