Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Com Khedira e Mustafi, Bundesliga passa a ser o campeonato com o maior número de campeões mundiais

Na janela de transferências de janeiro, alguns clubes alemães se mexeram e garantiram reforços para sequência da temporada da Bundesliga.

E mais: Khedira vai ganhar R$ 860 mil POR JOGO disputado pelo Hertha Berlim

E dois desses nomes que chegam já foram campeões mundiais: o volante Sami Khedira e o zagueiro Shkodran Mustafi, ambos campeões com a seleção alemã na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil.

Khedira trocou a Juventus pelo Hertha Berlim, enquanto Mustafi, que estava no Arsenal, vai jogar a Bundesliga pelo Schalke. Aliás, será a primeira vez que Mustafi atuará profissionalmente por um clube da Alemanha.

Com a chegada de ambos, o Campeonato Alemão é, agora, a competição com o maior número de jogadores campeões da Copa do Mundo. São 14 nomes. A Espanha vem na sequência com 13 atletas.

No total, são 52 campeões mundiais ainda na ativa dentro do futebol profissional. Confira abaixo:

Alemanha: Bundesliga (14 jogadores)

Javi Martinez (Bayern de Munique/Espanha 2010), Jerome Boateng, Thomas Müller, Manuel Neuer (Bayern de Munique/Alemanha 2014), Mats Hummels (Borussia Dortmund/Alemanha 2014), Erik Durm (Frankfurt/Alemanha 2014), Christoph Kramer, Matthias Ginter (Borussia M'gladbach/Alemanha 2014), Sami Khedira (Hertha Berlim/Alemanha 2014), Ron-Robert Zieler (Colônia/Alemanha 2014), Shkodran Mustafi (Schalke/Alemanha 2014), Lucas Hernandez, Benjamin Pavard, Corentin Tolisso (Bayern de Munique/França 2018)

Espanha: La Liga (13 jogadores)

Sergio Busquets, Gerard Piqué (Barcelona/Espanha 2010), Jesus Navas (Sevilla/Espanha 2010), Sergio Ramos (Real Madrid/Espanha 2010), David Silva (Real Sociedad/Espanha 2010), Raul Albiol (Villarreal/Espanha 2010), Toni Kroos (Real Madrid/Alemanha 2014), Thomas Lemar (Atlético de Madrid/França 2018), Antoine Griezmann, Ousmane Dembelé, Samuel Umtiti (Barcelona/França 2018), Nabil Fekir (Real Betis/França 2018), Raphael Varane (Real Madrid/França 2018)

França: Ligue 1 (8 jogadores)

Cesc Fabregas (Mônaco/Espanha 2010), Julian Draxler (PSG/Alemanha 2014), Steve Mandanda, Florian Thauvin (Olympique de Marselha/França 2018), Djibril Sidibé (Mônaco/França 2018), Kylian Mbappé, Presnel Kimpembe (PSG/França 2018), Steven N'Zonzi (Rennes/França 2018)

Inglaterra: Premier League (7 jogadores)

Juan Mata (Manchester United/Espanha 2010), Olivier Giroud, N'golo Kanté (Chelsea/França 2018), Alphonse Areola (Fulham/França 2018), Benjamin Mendy (Manchester City/França 2018), Paul Pogba (Manchester United/França 2018), Hugo Lloris (Tottenham/França 2018)

Itália: Série A (4 jogadores)

Gianluigi Buffon (Juventus/Itália 2006), Pepe Reina (Lazio/Espanha 2010), Pedro (Roma/Espanha 2010), Fernando Llorente (Udinene/Espanha 2010)

Turquia: SüperLig (2 jogadores)

Lukas Podolski (Antalyaspor/Alemanha 2014), Mesut Özil (Fenerbahce/Alemanha 2014)

Holanda: Eredivise (1 jogador)

Mario Götze (PSV/Alemanha 2014)

Portugal: Primeira Liga (1 jogador)

Adil Rami (Boavista/França 2018)

Estados Unidos: Major League Soccer (1 jogador)

Blaise Matuidi (Inter Miami/França 2018)

Japão: J-League (1 jogador)

Andres Iniesta (Vissel Kobe/Espanha 2010)


Tags: Bundesliga, Campeonato Alemão, Copa do Mundo

Nenhum comentário