Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Altos e baixos: a temporada dos jogadores japoneses no futebol alemão

Por Japão FC

Com o empate de 2 a 2 entre Heindenheim e Werder Bremen pelos playoffs da Bundesliga, a temporada na Alemanha finalmente chegou ao fim. Primeira liga entre as maiores a conseguir retornar após a paralisação por conta da Covid-19, a peleja alemã também alcançou o feito de ser a primeira a terminar.

Com isso, a temporada dos jogadores japoneses por terras germânicas, obviamente, também chegou ao fim. Acesso à elite, permanência na primeira divisão e recordes: os nipônicos fizeram história neste período do futebol.

Confira os números dos samurais na primeira (Bundesliga) e na segunda (2.Bundesliga) divisões alemã:

Daichi Kamada (Eintracht Frankfurt)


Daichi Kamada certamente teve uma temporada dos sonhos. Apesar da equipe não conseguir alcançar uma vaga na Liga Europa - pela Bundesliga -, o samurai foi essencial na arrancada da equipe de Frankfurt contra o rebaixamento. Driblador, finalizador e um bom assistente, o japonês não só marcou muitos gols, principalmente na volta após a paralisação, como serviu muito bem ao seu companheiro de ataque português, André Silva. 

- Meia ofensivo/atacante
- 23 anos
- 47 partidas
- 10 gols e 9 assistências 
- Posição Bundesliga: 9° lugar
- DFB Pokal: semifinal
- Europa League: oitavas de final *

*Falta disputar o jogo de volta contra o Basel (Suíça) 

Genki Haraguchi (Hannover 96)


Peça fundamental, Genki Haraguchi foi o jogador que mais atuou pelo Hannover 96 na temporada. Com um fôlego invejável, o samurai raramente deixava a desejar em suas apresentações. Entre os jogadores que atuam no meio-campo, ele foi o que mais vezes balançou as redes e, empatado com seu companheiro Linton Maina, alimentou os homens de frente com assistências. Apesar de tudo, sua tradicional equipe não foi capaz de retornar à primeira divisão alemã e o objetivo da temporada, obviamente, foi frustrado. 

- Meia direita
- 29 anos
- 33 partidas 
- 6 gols e 4 assistências .
- Posição 2.Bundesliga: 6° lugar
- DFB Pokal: primeira rodada

Makoto Hasebe (Eintracht Frankfurt)


O polivalente Makoto Hasebe teve outra temporada de luxo. Carregando a braçadeira de capitão do Eintracht Frankfurt em quase todos os jogos na temporada, o samurai alcançou a marca de ser o asiático com mais partidas na história da Bundesliga, ultrapassando o sul-coreano Cha Bum-Kun, que havia disputado 308 jogos. Seguro em qualquer posição, Hasebe foi mais uma vez o homem de confiança da torcida do Frankfurt. 

- Zagueiro/volante 
- 36 anos
- 38 partidas 
- 0 gols e 0 assistências 
- Posição Bundesliga: 9° lugar
- DFB Pokal: semifinal 
- Europa League: oitavas de final*

*Falta disputar o jogo de volta contra o Basel (Suíça) 

Ryo Miyaichi (FC St. Pauli)


O FC St. Pauli passará mais uma temporada na Bundesliga II. Mas, apesar de parecer uma notícia desanimadora, como foi para o Hannover 96, a sensação é de alívio. Ryo Miyaichi contribuiu como o melhor passador da equipe para a permanência na segunda divisão. O sentimento de poder amargar um rebaixamento certamente passou nos olhos dos torcedores deste outro tradicional clube alemão, mas no fim o time conseguiu se livrar. Com mais jogos disputados entre os atacantes do FC St. Pauli, Miyaichi foi peça crucial no objetivo final da equipe alemã. 

- Ponta direita/atacante
- 27 anos
- 30 partidas
- 1 gol e 7 assistências 
- Posição 2.Bundesliga: 14° lugar
- DFB Pokal: segunda rodada

Wataru Endo (VFB Stuttgart)


Para muitos, Wataru Endo foi o melhor japonês no futebol alemão nesta temporada, quiçá na Europa. O volante teve uma tremenda importância no acesso do VFB Stuttgart para a Bundesliga I. Sempre guerreiro, Endo poucas vezes era substituído, com explosão e fôlego como características positivas. O jogador aprimorou, ainda, o seu modo de atuar como um segundo volante, melhorando a sua saída de bola. O samurai, bastante responsável defensivamente, alcançou o seu objetivo e levou a sua equipe de volta à elite após uma temporada de ausência. 

- Volante
- 27 anos
- 22 partidas 
- 1 gol e 1 assistência
- Posição 2.Bundesliga: 2° lugar (acesso) 
- DFB Pokal: Oitavas de final

Yuya Osako (Werder Bremen)


Último samurai a disputar uma partida na Alemanha, Yuya Osako sofreu até o último minuto com a sua equipe para permanecer na elite alemã. Com dois empates diante do Heindenheim nos play-offs da Bundesliga, o Werder Bremen manteve-se na primeira divisão pelo critério de gols marcados fora de casa. O samurai foi importante na arrancada do time verde, principalmente quando as oportunidades surgiram após a última lesão do camisa 10 Leonardo Bittencourt. Fazedor de gols, o japonês contribuiu também com assistências e alcançou no fim, o mérito de escapar do descenso. 

- Atacante
- 30 anos
- 34 partidas
- 9 gols e 4 assistências 
- Posição Bundesliga: 16° lugar
- DFB Pokal: Quartas de final

O Eintracht Frankfurt ainda busca sobreviver na Liga Europa, apesar do resultado agregado no momento ser de 3 a 0 para os suíços. A partida de volta tem previsão para acontecer ou no dia 5 ou 6 de agosto. O retorno da primeira divisão alemã, ademais, está agendado para setembro deste ano.

Nenhum comentário