Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Borussia M'gladbach anuncia saída "amigável" do brasileiro Raffael, que terá uma despedida digna

Por Carlos Eduardo Schön
@cadado_schon

Um dos últimos longos casamentos verde-amarelos da Bundesliga chegou ao fim. Após Rafinha deixar o Bayern para atuar no Flamengo, agora foi a vez de Raffael se despedir, pelo menos, de sua equipe atual, o Borussia Mönchengladbach.

Em coletiva de imprensa virtual realizada na última quinta- feira, o diretor esportivo do clube, Max Eberl, anunciou a saída de um dos brasileiros mais bem-sucedidos da história recente da Bundesliga. O jogador - que é natural de Fortaleza - deixa os Potros após mais de 200 partidas em sete temporadas.

"Nós conversamos com Raffa que não renovaremos o seu contrato. Ele teve um rendimento magnífico aqui no Borussia e foi a cara da equipe por muitos anos. A decisão foi toda esportiva, houveram alguns pontos, mas é preciso ser justo com o jogador. Aconteceram conversas abertas, agradáveis e sinceras com ele e seu agente. Nós estamos nos separando de forma amigável".
Além do brasileiro de 35 anos de idade, mais dois jogadores não terão seus vínculos renovados com o Gladbach: tratam-se do volante Tobias Strobl e do lateral germano-americano Fabian Johnson. Este último foi outro atleta com importante carreira construída no clube.

Eberl também explicou que não haverá uma despedida oficial no próximo sábado, na última rodada, já que não haverá público para ovacionar os atletas. "Nós não achamos justo fazer isso no campo, pois eles não serão ovacionados. Depois do jogo, haverá um jantar da equipe, onde nos despediremos".

O diretor esportivo do clube ainda deixou claro que assim que os fãs possam voltar ao Borussia-Park, haverá uma despedida digna para Raffael e companhia. 

Vale lembrar que o jogo final do Gladbach será em casa contra o Hertha Berlim - curiosamente a primeira equipe do “Maestro” no futebol alemão.

Os mandantes precisam vencer ou, no mínimo, garantir um empate para se classificarem para a Champions League. Apesar de pouco provável, por conta da lesão que o debilitou na temporada, o técnico Marco Rose, também presente na coletiva, não descartou que Raffael possa entrar no decorrer do duelo. Resta esperar e torcer.

Nenhum comentário