Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Com testes de coronavírus a cada 3 dias, Bundesliga está pronta para voltar. Mas ainda precisa de aval

Após reunião realizada nesta quinta-feira com os clubes, a DFL (Liga Alemã de Futebol) anunciou que a Bundesliga está pronta para retornar - bem como a 2.Bundesliga. A data prevista para a volta das competições é dia 9 de maio, um sábado.

Mas, para que isso aconteça, a entidade avisou que tudo ainda depende do aval das autoridades alemãs, como os governadores dos diferentes estados e do governo federal.

"Se os governadores dos estados e o governo federal decidirem que esse dia será em 9 de maio, estaremos preparados", disse Christian Seifert, presidente da DFL.

O dirigente reforçou que os jogos terão um limite de 213 pessoas dentro dos estádios, contando jogadores, comissão técnica, dirigentes, imprensa e outras pessoas que possam estar envolvidas na organização. Além disso, serão permitidas, no máximo,109 pessoas nas imediações.

Dois políticos já sinalizaram que são favoráveis ao reinício do Campeonato Alemão: Armin Laschet (Renânia do Norte-Vestfália) e Mark Söder (Baviera). Eles declaram que não veem problema na realização de jogos sem público nos estádios.

Já governantes de outras regiões preferem que o retorno seja marcado para o final de maio. A ideia é finalizar a temporada do futebol alemão até 30 de junho.

Jens Spahn, ministro da saúde da Alemanha, foi outro que deu aval. "Com precauções, certamente os jogos com portões fechados são novamente possíveis", disse.

A DFB (Federação Alemã) prometeu também que os jogadores e técnicos serão submetidos a testes de coronavírus a cada três dias. Estima-se que serão feitos 20 mil testes. E isso gerou muita polêmica.

"Acho que os testes deveriam ser usados onde há um sentido médico", declarou Lars Schaade, vice-presidente do Instituto Robert Koch, responsável da vigilância epidemiológica no país. "Não vejo motivo para que certos grupos da população (como jogadores) sejam submetidos a um controle sistemático", acrescentou.

Nenhum comentário