Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Eintracht Frankfurt perde do Chelsea nos pênaltis e dá adeus ao sonho do bi na Liga Europa

O Eintracht Frankfurt foi valente diante do Chelsea na Inglaterra, buscou o empate por 1 a 1 no tempo normal, levou o duelo da semifinal da Liga Europa para prorrogação e, depois, para os pênaltis. Nas cobranças, vitória inglesa por 4 a 3.

Campeão na temporada 1979/80, o Frankfurt dá adeus ao sonho do bicampeonato.

Atuando diante de seus torcedores em Londres, o Chelsea foi melhor no primeiro tempo e criou as melhores oportunidades. Aos 28 minutos, Loftus-Cheek recebeu na área e colocou no canto de Kevin Trapp, abrindo o placar para os anfitriões.


Antes, o japonês Hasebe havia salvado um lance em cima da linha, evitando o gol dos ingleses.

O Frankfurt assustou pouco, mas fez o goleiro Kepa trabalhar numa finalização de Danny Da Costa no ângulo.

Logo no começo do segundo tempo, aos quatro minutos, Luka Jovic foi lançado no ataque e deu de peito para Gacinovic, que devolveu na medida para Jovic empatar o duelo, cara a cara com o arqueiro adversário.

O curioso é que neste lance do gol de empate, Rebic comemorou antes mesmo de Jovic chutar para o fundo das redes, como mostra a imagem abaixo.


O Frankfurt teve uma outra boa oportunidade num chutaço de Gacinovic, também bem defendido por Kepa.

Depois que igualou o marcador, o time alemão passou a atuar mais recuado e o Chelsea pressionou em busca do segundo gol. Trapp chegou a fazer uma importante defesa em finalização de Giroud e trabalhou bastante nos cruzamentos, tanto altos quanto rasteiros.

Com o empate, o jogo foi para prorrogação. No etapa inicial do tempo extra, o atacante Haller, que entrou na vaga de Rebic, teve duas chances para marcar: na primeira, David Luiz tirou a bola praticamente em cima da linha; minutos depois, Haller cabeceou e Zappacosta também salvou com Kepa já batido no lance.

Trapp fez duas grandes defesa no segundo tempo, que foi bastante aberto e com os dois times procurando o ataque. O Chelsea chegou a marcar, mas o árbitro marcou falta de Azpilicueta sobre Trapp no lance. E o jogo foi para os pênaltis.

Nas penalidades, Haller, Jovic, De Guzman fizeram para o Frankfurt, e Hinteregger e Paciência tiveram suas batidas defendidas por Kepa. Pelo lado do Chelsea, Barkley, Jorginho, David Luiz e Hazard marcaram, enquanto Azpilicueta parou em defesa de Trapp. 4 a 3 para os ingleses.

Nenhum comentário