Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Bayern sofre apagão, leva dois gols em um minuto, mas bate o Werder e vai à final da Copa da Alemanha

O Bayern de Munique está na grande final da Copa da Alemanha diante do RB Leipzig! Nesta quarta-feira, os Bávaros visitaram o Werder Bremen no norte do país e venceram a semifinal por 3 a 2, com direito a um final de partida eletrizante.

E MAIS: RB Leipzig se impõe em Hamburgo e avança à inédita final da Pokal

Os visitantes venciam por 2 a 0 até os 29 minutos do segundo tempo, mas cederam o empate aos anfitriões em dois lances seguidos e, depois, definiram o triunfo em pênalti convertido por Lewandowski.

A grande final da DFB Pokal será no dia 25 de maio, sábado, no estádio Olímpico de Berlim. Enquanto o Bayern vai em busca do seu 19ª título da competição, o Leipzig jogará a decisão pela primeira vez na sua história.


O duelo no Weserstadion foi bastante equilibrado no primeiro tempo, com ligeira vantagem do Bayern na posse de bola e nas finalizações. Os visitantes chutaram 10 vezes a gol, contra nove da equipe mandante.

O Werder Bremen conseguiu jogar de igual para igual até os 30 minutos. Depois disso, o Bayern se impôs em campo e passou a dominar os minutos finais da etapa inicial.

Aos 36, Boateng levantou na área, Thomas Müller cabeceou por cima do goleiro Pavlenka e a bola bateu na trave. No rebote, o artilheiro Robert Lewandowski só completou para o gol vazio, abrindo o marcador.

Na sequência, Lewa marcou mais uma vez, mas a arbitragem anotou impedimento do polonês no lance e invalidou o tento.


Os anfitriões voltaram bem para o segundo tempo, ocupando o campo de ataque e causando perigo à defesa bávara, quase sempre usando a velocidade e habilidade de Rashica.

Mas logo o time de Munique voltou a controlar o jogo. Coman perdeu boa chance, parando em defesa de Pavlenka. Depois, aos 18 minutos, Goretzka finalizou mascado da entrada da área e a bola sobrou entre os zagueiros para Thomas Müller, que mandou para as redes.

O Werder Bremen quase diminuiu aos 21 em cabeçada de Klaassen, com Ulreich fazendo excelente defesa. No lance seguinte, Müller tentou cruzar na área, a bola desviou na defesa dos Papagaios e acertou o travessão.

E aí veio o apagão do Bayern. O time recuou e o Werder empatou o duelo no intervalo de apenas um minuto. Aos 29, Rashica cruzou na marca do pênalti e o japonês Osako marcou, chutando no contrapé de Ulreich; na saída de bola, aos 30, os visitantes vacilaram, Rashica avançou em velocidade, driblou Hummels e igualou o marcador, para delírio da torcida.


Faltando 10 minutos para o fim, Coman entrou na área pela esquerda e foi derrubado por Selassie. O árbitro assinalou pênalti - contando ainda com ajuda do VAR - e Lewandowski bateu com estilo para anotar o terceiro.

Abatido com o balde de água fria, a equipe de Bremen não teve forças para buscar o novo empate, apesar de incomodar a defesa bávara em vários momentos, principalmente nas bolas levantadas na área, com Claudio Pizarro e Harnik em campo.

No fim, James Rodríguez perdeu grande chance para anotar o quarto gol, finalizando por cima. Aos 48, Lewandowski arrancou sozinho, passou pelo goleiro Pavlenka, mas perdeu o equilíbrio e chutou na trave.

Nenhum comentário