Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 28ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Florian Müller (Mainz)

Mainz 5x0 Freiburg. Jogo fácil para o Mainz, certo? Errado! Prova disso é que o jovem goleiro Müller teve de intervir com 5 defesas, algumas delas difíceis.

Zagueiros: William (Wolfsburg), Benjamin Hübner (Hoffenheim) e Mats Hummels (Bayern de Munique)

Considerado por muitos como irregular, o lateral brasileiro William fez uma partida soberana. Na defesa, 5 roubadas de bola e no ataque, 2 passes-chave.

O sistema defensivo do Hoffenheim pode talvez ser considerado o ponto fraco da equipe. Mas nos últimos jogos isso tem melhorado. Contra o Augsburg, Hübner foi o nome dessa segurança com 12 divididas ganhas das 14 disputadas e 90% de acerto nos passes.

A partida de Hummels na zaga já poderia ser considerada suficiente para figurar nesta seleção. Mas mais do que isso, ele abriu o placar do clássico em cabeçada certeira, além de outras 4 finalizações.


Meio de Campo: Jean-Paul Boëtius (Mainz) e Thiago Alcântara (Bayern de Munique)

Na goleada sobre o Freiburg, o Mainz apostou em um rápido jogo de transição para chegar aos gols. E o grande nome dessa estratégia foi Boëtius. O holandês foi letal nos contra-ataques com duas assistências e ainda marcou um gol.

Em outra goleada, a do Bayern sobre o Dortmund, foi a vez de Thiago Alcântara brilhar e controlar o meio de campo. Uma assistência e 6 passes-chave provam isso.

Pontas: Benito Raman (Fortuna Düsseldorf) e Renato Steffen (Wolfsburg)

Depois de três assistências na semana passada, a exibição de Raman nesta rodada não fica pra trás. O belga marcou os dois gols na vitória do Düsseldorf sobre o Hertha Berlim..

Em um jogo que acabou mais difícil do que se previa, o Wolfsburg contou com a grande exibição de Steffen para derrotar o Hannover. Ele foi duas vezes às redes em momentos que os Lobos estavam sendo pressionados.

Atacantes: Jean-Philippe Mateta (Mainz),  Ishak Belfodil (Hoffenheim) e Robert Lewandowski (Bayern de Munique)

Se o já citado Boëtius foi o "arco" do Mainz, a "flecha" ficou por conta de Mateta. O atacante francês marcou um hat-trick.

E não foi só Mateta que fez três gols na rodada. Em grande fase no Hoffenheim, Belfodil também realizou tal feito na vitória elástica sobre o Augsburg.

Com fama de sentir os momentos decisivos, Lewandowski não tremeu diante da "final" contra o Dortmund. Foram dois gols do polonês, sendo um deles um deles um verdadeiro golaço.

Nenhum comentário