Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Com dois expulsos, incluindo Reus, Dortmund leva de 4 no superclássico contra o Schalke e Bayern agradece

A metade azul do Vale do Ruhr está sorrindo à toa neste sábado. No superclássico alemão entre Borussia Dortmund e Schalke, disputado no Signal Iduna Park, os visitantes surpreenderam e venceram por 4 a 2, ficando quase livres do risco de rebaixamento e, de quebra, praticamente tirando o título da Bundesliga do arquirrival.

Os anfitriões tiveram Marco Reus e Marius Wolf expulsos no segundo tempo do Revierderby de forma direta, por fazerem faltas duríssimas por trás sobre Suat Serdar.


Segundo colocado na tabela de classificação, o BVB ficou com 69 pontos, enquanto o líder Bayern de Munique tem 70. E, no domingo, os Bávaros enfrentam o vice-lanterna Nuremberg, podendo abrir quatro pontos a três rodadas do fim.

O Schalke está com 30, na 15ª posição.


O primeiro tempo foi um massacre do Borussia Dortmund no quesito volume de jogo, com quase 80% de posse de bola a favor dos donos da casa. No placar, porém, o Schalke levou vantagem e foi para o intervalo vencendo.

A equipe da casa começou melhor, foi para cima nos movimentos iniciais e abriu o placar logo aos 14 minutos. Jadon Sanchou deu uma assistência magistral por cima da zaga azul e Mario Götze, cara a cara com o goleiro Alexander Nübel, só escorou para as redes.

O empate do time de Gelsenkirchen saiu três minutos mais tarde: Weigl colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro recorreu ao VAR para anotar o pênalti, bem convertido por Daniel Caligiuri.


Aos 28 minutos, Caligiuri bateu escanteio e o zagueirão Salif Sané subiu mais alto que a defesa aurinegra para cabecear firme no canto de Bürki, virando o marcador para os visitantes.

O Borussia Dortmund voltou para o segundo tempo determinado a empatar o duelo, mas esbarrou na boa marcação do sistema defensivo do Schalke. Paco Alcácer entrou aos 11 minutos, mas, aos 15, o apagado Marco Reus fez falta criminosa sobre Serdar e levou o cartão vermelho direto, deixando os donos da casa com um a menos.

Na batida da falta, Caligiuri colocou a bola no ângulo de Bürki, antando o terceiro do S04. Um golaço na gaveta.


A situação do BVB se complicou de vez aos 20 minutos, quando Marius Wolf acertou um outro carrinho por trás, novamente em Serdar, e também foi expulso de forma direta.

Mesmo com nove jogadores em campo, aos 40, o Dortmund ainda esboçou uma reação e marcou o segundo gol com o volante Witsel, aproveitando passe de cabeça de Bruun Larsen. No minuto seguinte, porém, o Schalke pregou o caixão aurinegro com gol de Embolo, chutando no cantinho.

Mais jogos do dia

O RB Leipzig foi outro destaque da manhã deste sábado ao vencer o Freiburg por 2 a 1 na Red Bull Arena e garantir matematicamente sua vaga na próxima edição da Champions League. Com 64 pontos, os Touros não perdem mais lugar dentro do G4 da Bundesliga.

Timo Werner marcou para o Leipzig no primeiro tempo, Vincenzo Grifo empatou para o Freiburg na etapa final e, de pênalti, o meia sueco Forsberg definiu o marcador.


E teve goleada no dia. Em Düsseldorf, o Fortuna atropelou o Werder Bemen fazendo 4 a 1, complicando os Papagaios na briga por vaga na Liga Europa.

Benito Raman e Kenan Karaman abriram vantagem para o F95, Max Kruse diminuiu batendo pênalti, mas Rouwen Hennings e Markus Suttner decretaram o placar para os donos da casa.

O único jogo sem gols foi Eintracht Frankfurt x Hertha Berlim. E em Hannover, o lanterna bateu o Mainz por 1 a 0, gol de Weydandt, e ainda sonha em escapar da degola para 2.Bundesliga nas três rodadas finais.

Confira os resultados e próximos jogos da rodada:

Sexta-feira
Augsburg 1 x 4 Bayer Leverkusen

Sábado
Borussia Dortmund 2 x 4 Schalke
Eintracht Frankfurt 0 x 0 Hertha Berlim
Fortuna Düsseldorf 4 x 1 Werder Bremen
Hannover 1 x 0 Mainz
RB Leipzig 2 x 1 Freiburg
Stuttgart 1 x 0 Borussia M'gladbach

Domingo
Hoffenheim x Wolfsburg
Nuremberg x Bayern de Munique

Nenhum comentário