Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Trapp pega pênalti, ataque não funciona e Frankfurt fica no empate com Inter de Milão na ida das oitavas

Único time alemão ainda vivo na disputa da Liga Europa, o Eintracht Frankfurt recebeu a Inter de Milão no jogo de ida das oitavas de final e ficou no empate por 0 a 0. Antes do duelo, os torcedores que lotaram a Commerzbank-Arena fizeram um mosaico incrível para celebrar os 120 anos do clube, que faz aniversário nesta sexta-feira, 8 de março.


O confronto de volta está marcado para quinta-feira da semana que vem, dia 14 de março, na Itália. Nova igualdade sem gols leva a decisão da vaga nas quartas de final para a prorrogação. Quem vencer, avança; e empate com gols favorece aos germânicos.

Sem o croata Rebic, lesionado, o técnico Adi Hütter escalou o ataque com Gacinovic, Kostic, Jovic e Haller, jogadores que estão em grande fase na temporada.


Mesmo jogando com todo apoio da sua torcida, o Eintracht Frankfurt foi inferior ao rival italiano no primeiro tempo. A Inter de Milão teve 61% de posse de bola e ainda finalizou 10 vezes contra a meta alemã, enquanto os donos da casa chutaram cinco vezes, todas sem muito perigo.

A chance mais clara da etapa inicial aconteceu aos 22 minutos, quando Gelson Fernandes derrubou Lautaro Martinez na área e o árbitro marcou pênalti para os visitantes - Brozovic bateu e o goleiro Kevin Trapp voou no seu canto esquerdo para defender.

A postura do Frankfurt no segundo tempo foi totalmente diferente. Mais disposta e incisiva, a equipe igualou a posse de bola e teve muito mais volume ofensivo, chegando com perigo na área adversária por diversas vezes.


Nos primeiros minutos, as Águias chegaram a balançar as redes, mas a arbitragem anotou impedimento de Haller no lance. As bolas aéreas foram a principal arma do time da casa, que chegou perto de marcar em cabeçadas de Danny da Costa, Haller e Hinteregger - este último estava livre já na pequena área, mas finalizou para fora.

Aos 41 minutos, Jovic quase abriu o placar num chute cruzado, mas o goleiro Handanovic fez excelente defesa e garantiu a igualdade sem gols para os italianos.

No final das contas, o Eintracht terminou o duelo com 17 finalizações, contra 11 da Inter de Milão, que só chutou uma vez na segunda metade da partida. Até por isso Trapp mal trabalhou na etapa complementar.

Nenhum comentário