Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 23ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Koen Casteels (Wolfsburg)

Contra o Gladbach, o Wolfsburg pressionou e não foi pouco. Mas os Lobos conseguiram se segurar com as defesas incríveis de Casteels. Foram 4 defesas que poucos goleiros são capazes de fazer.

Zagueiros: Kaan Ayhan (Fortuna Düsseldorf), John Brooks (Wolfsburg) e Salif Sané (Schalke 04)

O Dusseldorf saiu atrás no placar mesmo jogando com um mais. Mas a virada veio em gol marcado por Ayhan, que também teve exibição segura a frente da zaga.

Além de Casteels, outro jogador importante no setor defensivo do Wolfsburg foi Brooks. Ganhou 5 das 6 divididas que disputou e ainda foi a frente para dar uma assistência.

A derrota por 3 a 0 não pode apagar a atuação de Sané. Se não fosse por ele, talvez tivesse sido ainda pior. O zagueiro senegalês roubou 6 bolas, bloqueou 4 chutes e ganhou 12 das 15 divididas que disputou.


Meio de Campo: Kevin Stöger (Fortuna Düsseldorf) e Janik Haberer (Freiburg) 

Atuando como ponta-direita, Haberer foi o dono do setor. Suas duas assistências foram apenas a cereja do bolo de um jogo acima da média.

Basta ver o mapa de calor de Stöger pata chegar a conclusão que ele esteve em todos os lugares do campo. Participando da maioria das jogadas do Dusseldorf, foi premiado com uma assistência no triunfo sobre o Nuremberg..

Pontas: Admir Mehmedi (Wolfsburg) e Vicenzo Grifo (Freiburg)

Mehmedi começou no banco mas mostrou que vai brigar forte pela titularidade. Foram dois gols marcados por ele.

4 passes-chave já seriam  suficientes para colocar Grifo nesta seleção. Mas na goleada do Freiburg sobre o Augsburg, ele foi além e fez um gol além de ter conferido uma assistência.


Atacantes: Luka Jovic (Eintracht Frankfurt), Nils Petersen (Freiburg) e Karim Onisiwo (Mainz)

É difícil dizer quem mais se destaca no triângulo mágico do Frankfurt. Contra o Hannover, foi a vez de Jovic brilhar. Participação nos três gols das Águias com duas assistências e uma bola na rede.

Como sempre, Petersen mostrou o seu faro de matador. Foram dois gols na goleada sobre o Augsburg.

Outro que marcou duas vezes foi Onisiwo. O austríaco não deu qualquer chance a defesa do Schalke.

Nenhum comentário