Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 15ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach)

Em um jogo que era certeza de gols, um dos responsáveis - ao menos pelo lado do Gladbach - por manter o placar nulo foi Sommer. O goleiro suíço fez 6 excelentes defesas ao longo dos 90 minutos diante do Hoffenheim.

Zagueiros: Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Kaan Ayhan (Fortuna Düsseldorf) e David Alaba (Bayern de Munique)

Seja como volante ou na lateral, Kimmich é muito acima da média. Indo sempre à linha de fundo e sendo peça importante no setor ofensivo, mais uma vez ele foi decisivo com um gol e uma assistência.

Ayhan era o capitão do Düsseldorf mas nas últimas partidas vinha ficando no banco. Voltou ao time titular em alto estilo. Além de uma exibição defensiva segura, foi o herói da partida com dois gols após bola parada.

Se Kimmich brilhou pelo lado direito, Alaba não fica atrás na esquerda. Sempre acionado, marcou um golaço em chute de fora da área na goleada bávara sobre o Hannover.

Meio de Campo: Kerem Demirbay (Hoffenheim) e Thiago Alcântara (Bayern de Munique) 

Se o Hoffenheim acabou não fazendo gols frente ao Gladbach, não foi pela inoperância de Demirbay. Dono do meio de campo, participava de toda jogada do seu time. Prova disso é que terminou o jogo com incríveis 9 passes-chave.

Não é nenhuma novidade que Thiago Alcântara fornece um refino a mais na qualidade do passe quando joga pelo Bayern. Contra o Hannover não foi diferente, já que o espanhol acertou 97% dos passes e concedeu 3 passes-chave.


Pontas: Christian Gentner (Stuttgart) e Filip Kostic (Eintracht Frankfurt)

Ícone do Stuttgart, Gentner fez um excelente jogo com jogadas importantes e uma assistência. Pena que não pode comemorar, já que seu pai faleceu dentro do estádio devido a um infarto durante a partida. Fica o lamento.

Em um jogo sensacional do Frankfurt, as Águias mostraram que não dependem apenas do triângulo mágico Rebic-Jovic-Haller. Pelo lado esquerdo, Kostic botou a partida no bolso. Participou dos dois gols, marcando um e dando assistência em outro.

Atacantes: Mario Gomez (Stuttgart), Yussuf Poulsen (RB Leipzig) e Timo Werner (RB Leipzig)

Já eram oito jogos de jejum. Depois de tanto tempo, a redenção veio em dose dupla para Mario Gomez. Com dois gols bem ao seu estilo, o atacante veterano foi essencial na vitória do Stuttgart sobre o Hertha Berlim.

Para fechar a seleção, um dupla que parece cada vez mais entrosada conforme vão passando os jogos. Se um não decide, o outro faz a diferença. Contra o Mainz, ambos brilharam. Tanto Werner quanto Poulsen obtiveram o mesmo desempenho: dois gols e uma assistência.

Nenhum comentário