Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Hertha Berlim se impõe e tira a invencibilidade do Bayern, que pode perder a liderança da Bundesliga

Caiu a invencibilidade do Bayern de Munique na Bundesliga. Na abertura da 6ª rodada, nesta sexta-feira, o líder foi até a capital alemã e acabou sendo derrotado pelo Hertha Berlim por 2 a 0, permanecendo com 13 pontos na tabela de classificação, mas podendo perder a ponta no final de semana.

Borussia Dortmund e Werder Bremen estão com 11 pontos e, se vencerem seus duelos fora de casa contra Bayer Leverkusen e Stuttgart, respectivamente, ultrapassam o Bayern. Já o Hertha foi aos mesmos 13 pontos que o time de Munique, mas fica na segunda posição por ter saldo de gols menor.


A equipe da casa mandou no jogo durante boa parte do primeiro tempo, sempre apostando na excelente fase do meia eslovaco Duda e na velocidade do jovem atacante holandês Javairo Dilrosun. O Bayern não conseguiu furar o bom sistema defensivo do Hertha e teve dificuldades na armação.

Aos 22 minutos, após boa defesa de Manuel Neuer, o zagueiro Boateng derrubou Kalou na área e o árbitro marcou pênalti, bem convertido por Ibisevic.


Melhor postada em campo, a equipe berlinense seguiu oferecendo perigo à defesa bávara e ampliou pouco antes do intervalo, aos 44 minutos. Em boa trama ofensiva, o lateral Lazaro chegou à linha de fundo e cruzou para Duda encher o pé, sem chances para Neuer.

Foi o quinto gol de Duda, artilheiro isolado da Bundesliga.

Com a vantagem de dois gols no placar, o time da capital recuou e chamou o Bayern para seu campo de defesa no segundo tempo. O atual hexacampeão, porém, continuou sem inspiração ofensiva e tentava em muitas jogadas de bola aérea, mesmo após as entradas de Thomas Müller e Gnabry nas vagas de Robben e Renato Sanches.

E foi em duas cabeçadas que os visitantes quase balançaram as redes, com Boateng e Sandro Wagner, ambas parando em defesas difíceis do goleiro Thomas Kraft. A pressão na reta final do duelo não surtiu efeito e a torcida da casa celebrou muito o triunfo diante do gigante da Baviera que não acontecia desde 2009.


Nenhum comentário