Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Toni Kroos avisa que segue na seleção alemã e dispara contra Özil: "Ele disse coisas estúpidas"

O meio-campista Toni Kroos disse em entrevista ao diário Bild que segue disponível para integrar a seleção alemã na disputa da Liga das Nações, que começa no próximo mês de setembro, e também na Eurocopa de 2020.

Leia também: Toni Kroos é eleito melhor jogador da Alemanha na última temporada

"Sigo na seleção para a Eurocopa de 2020. Vamos definir uma meta para ter mais sucesso que no último torneio", avisou o jogador.

Kroos também se falou sobre a aposentadoria de Mesut Özil da Mannschaft - em texto publicado nas redes sociais, o camisa 10 alegou ter sido vítima de racismo por parte da DFB (Federação Alemã) e decidiu se afastar da equipe nacional.


"Acho que ele sabe que não há racismo dentro da seleção ou da Federação. Pelo contrário, nós sempre fomos comprometidos com a diversidade e inclusão, e durante muito tempo ele foi um exemplo disso", disse Kroos.

"A maneira como ele lidou com a situação não foi correta. A parte da declaração que ele fala sobre situações que não precisavam ser citadas. Özil disse coisas estúpidas", completou o atleta do Real Madrid.

3 comentários:

  1. Hahaha nem tava rachado esse grupo...:/

    ResponderExcluir
  2. O que todos sabiam, Ozil meteu o louco e quem sabe vai desmentir, isso era fato, cade o racismo com o Khedira, rudiger, klose , podolsky, cacau e muitos outros naturalizados, disse no comentário da época e repito, Mesut Ozil usou do passado vergonhoso da Alemanha pra sair como vitima e não como o cara que apoiou o Erdogan, bicho nojento.

    ResponderExcluir
  3. A coisa tá tão feia no futebol alemão que até a seleção feminina (atual campeã olímpica) está muito ameaçada de ser desclassificada na qualificatória da UEFA e ficar fora da Copa do Mundo de 2019 na França (lembrando que o futebol feminino, naturalmente, está vinculado a DFB e os últimos resultados nas categorias de base são decepcionantes, onde antes, havia um satisfatório grau de conquistas...). Que algo está errado é um fato! O que preocupa é que parece que tudo está bem do ponto de vista da DFB, não há necessidade de alterações... Acho que o futebol alemão está mergulhando de novo naquele período 1998-2004 (onde o vice de 2002 foi um ponto BEM fora da curva).

    ResponderExcluir