Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Lewandowski dá show, Bayern atropela o Frankfurt e conquista o hepta da Supercopa da Alemanha

Mesmo jogando na Commerzbank-Arena, o Bayern de Munique não tomou conhecimento do Eintracht Frankfurt e goleou por 5 a 0, conquistando o seu sétimo título da Supercopa da Alemanha em toda história - os outros foram em 1987, 90, 2010, 12, 16 e 17.

Vale destacar que a DFL Supercup abre oficialmente a temporada na primeira divisão alemã, colocando frente a frente os atuais campeões da Bundesliga (Bayern) e da Copa da Alemanha (Frankfurt).


O grande nome da partida foi o atacante polonês Robert Lewandowski, autor de três gols e se transformando no maior artilheiro da história da Supercopa, agora com cinco gols. A marca anterior era de Wynton Rufer, que ficou com quatro.

Embalado pela sua torcida, o Frankfurt começou o jogo melhor que o Bayern. Até os 20 minutos, a equipe anfitriã incomodou bastante a defesa bávara, principalmente usando as jogadas aéreas.


Mas, aos 21, o show de Lewa começou quando Kimmich cruzou da direita e o camisa 9 cabeceou no canto do goleiro Rönnow, abrindo o marcador. Cinco minutos mais tarde, Robben bateu escanteio e o centroavante ampliou novamente usando a cabeça.

Logo no começo do segundo tempo, os donos da casa saíram jogando errado, Robben roubou a bola na intermediária, Thomas Müller rolou para Lewandowski, que avançou até a área e finalizou por baixo do arqueiro rival, anotando seu terceiro tento no duelo.

Tomando conta da partida e com o jogo praticamente resolvido, o Bayern fez o quarto gol aos 18 minutos da etapa final. Alaba cruzou da esquerda e o francês Coman apareceu na segunda trave para balançar as redes.

A partida ficou bastante nervosa nos minutos finais, com o zagueiro Abraham acertando uma cotovelada no rosto de Lewandowski, que ficou sangrando. Mesmo com o recurso do VAR, a arbitragem decidiu não expulsar o defensor do Frankfurt. E para acabar com a confusão, o técnico Niko Kovac tirou Lewa do jogo e colocou Sandro Wagner.


Já com as três substituições já efetuadas, o Bayern perdeu o lateral Alaba, que deixou o gramado  lesionado e carregado pelos médicos do time de Munique.

Com um a menos em campo, o time visitante ainda conseguiu armar um belo contra-ataque para anotar o quinto. Coman fez jogadaça individual pela direita, deixou o zagueiro Salcedo no chão e rolou para Thiago Alcântara fechar a conta.

Sandro Wagner quase fez o sexto, mas ficou nisso. A festa bávara já estava completa em Frankfurt.

Escalações

FRANKFURT: Rönnow, Abraham, Hasebe e Salcedo; Danny da Costa, Torro, De Guzman (Rebic) e Willems; Gacinovic, Fabian (Blum) e Haller (Jovic). Técnico: Adi Hütter

BAYERN: Neuer, Kimmich, Süle, Hummels e Alaba; Javi Martinez, Thiago Alcântara e Thomas Müller (Goretzka); Robben (Coman), Ribéry e Lewandowski (Sandro Wagner). Técnico: Niko Kovac

Nenhum comentário