Ad Home

Últimas

teste de anúncio

William projeta 2º ano no Wolfsburg, diz que tirou lições da temporada passada e fala em voltar à seleção

O Wolfsburg quase caiu para segunda divisão alemã na temporada passada - ficou na 16ª colocação - e só se salvou da degola depois de disputar o playoff do descenso diante do Holstein Kiel, se mantendo na elite da Bundesliga.

Após o susto, a perspectiva para 2018/2019 é bem melhor. E quem avalia é o lateral-direito brasileiro William, que vai para seu segundo ano vestindo a camisa dos Lobos.


"Estou muito empolgado com os objetivos traçados pela comissão para esse ano e acredito que temos condições de fazermos uma temporada de bons resultados. Já me sinto completamente parte da equipe e me adaptei rapidamente ao estilo de jogo praticado na Alemanha", comentou o jogador.

"Tiramos lições importantes do campeonato passado, sobretudo pela dificuldade imposta pelas outras equipes. O nivelamento por cima da Bundesliga não permite erros e é desta maneira que estamos encarando o processo", destacou William.

A chegada de novos reforços também altera a perspectiva do Wolfsburg para os próximos desafios. O comandante Bruno Labbadia reforçou a confiança em William dentro da equipe: peça fundamental do sistema defensivo, atuando pela direita ou pela esquerda.

Líder em desarmes no mês de abril da Bundesliga 2017/2018, o brasileiro destacou a pré-temporada sob os olhares do comandante para aperfeiçoar o conceito de jogo e alcançar um de seus principais objetivos profissionais: retornar à seleção brasileira.

"O longo período que temos até o início do campeonato nacional irá nos ajudar muito. Tanto em termos físicos, como nas questões táticas. Algumas mudanças estão sendo promovidas visando nossa melhora nas apresentações e acredito que com mais um mês de trabalhos chegaremos em ótimas condições para o início da Bundesliga", disse o atleta.

"Teremos mais alguns testes, contra equipes qualificadas, para repararmos os erros e aprimorar ainda mais as qualidades do time. Sinto muita confiança para fazer um grande ano. Estou preparado para me afirmar ainda mais no Wolfsburg e, por consequência, brigar por uma vaga na seleção brasileira. Um novo ciclo de Copa do Mundo se inicia e todos os atletas que jogam em alto nível serão avaliados. Quero voltar a representar meu país e sei das condições que tenho para isso", finalizou.

Nenhum comentário