Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Philipp Lahm aconselha Joachim Löw a mudar sua forma de liderar dentro da seleção alemã

O fracasso da Alemanha dentro da Copa do Mundo de 2018 continua rendendo assunto por lá. Agora foi a vez do ex-jogador Philipp Lahm, capitão do tetra em 2014, dar seu pitaco sobre o que foi feito de errado na Rússia e o que pode mudar na seleção de Joachim Löw.

Para ele, o treinador terá que rever alguns conceitos se quiser voltar a ter sucesso no comando da equipe. "Estou convencido de que Joachim Löw terá que mudar seu estilo de liderança dos últimos anos se quiser ter sucesso com a nova geração de jogadores", disse Lahm em um texto postado no Linkedin.


"Isso não é um sinal de fraqueza, mas de desenvolvimento. Ele deve mostrar aos jogadores que eles são responsáveis por toda a equipe", completou o ex-lateral.

Ainda segundo Philipp Lahm, Joachim Löw usou deveria deixar de fora alguns jogadores que foram campeões na Copa de 2014, no Brasil, mas não citou nomes. Além disso, as ideias para o Mundial na Rússia também deveriam ser distintas de quatro anos atrás.

"A comissão técnica teve uma cultura de liderança bem-sucedida no passado, mas isso não é suficiente para ter sucesso novamente. Löw deve estabelecer uma cultura de decisões mais firmes e claras do que ele estava acostumado anteriormente", disse Lahm.

Sobre a polêmica com Özil e Gündogan, que antes da Copa do Mundo posaram para fotos com Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, país com o qual a Alemanha vive tensão diplomática, Lahm acha que o caso poderia ter sido tratado de uma outra forma, sem causar impacto no elenco.

"Özil não sentiu necessidade de falar e se explicar em público. Esta necessidade deveria ter sido comunicada de forma rápida e clara pela comissão, a fim de melhorar a harmonia tanto para fora como para dentro do grupo", admitiu Lahm.

Apesar das críticas, o ex-jogador do Bayern de Munique disse que confia no trabalho de Joachim Löw. "Se ele conseguir fazer os ajustes, estou muito otimista em relação ao futuro de nossa equipe", completou o capitão do tetra alemão.

Nenhum comentário