Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Mesmo após fiasco na Copa, Joachim Löw decide continuar na seleção alemã para "reconstruir" a equipe

Agora é oficial! Joachim Löw continuará no comando da seleção alemã - lembrando que ele tem contrato com a DFB (Federação Alemã) até 2022 e decidiu seguir à frente da equipe mesmo após o fiasco na Copa do Mundo deste ano, quando caiu ainda na fase de grupos.

Em uma conversa com Reinhard Grindel, presidente da DFB, e Reinhard Rauball, presidente da DFL, Löw avisou que seguirá na Alemanha com o intuito de reconstruir a equipe visando a disputa da Liga das Nações e Eurocopa de 2020.

Na reunião, o técnico deixou claro que, apesar de todo o desapontamento com o resultado dentro do Mundial, sentiu que estava motivado e com energia suficiente para preparar a equipe para os próximos desafios.


Nas próximas semanas, a comissão técnica da Alemanha e o gerente Oliver Bierhoff farão uma análise profunda em cima do elenco para apresentar novas soluções. O próximo jogo da seleção é no dia 6 de setembro, diante da França, na Liga das Nações.

"Estou muito grato pela confiança que a DFB deposita em mim e eu me sinto, apesar das críticas justificadas, que tenho muito apoio e encorajamento. Foi importante para mim, depois de alguns dias, pensar no que seria bom para o futuro", disse Joachim Löw.

"Ainda estou decepcionado, mas agora quero projetar a reconstrução da equipe com total comprometimento. Vou analisar em conjunto com a minha comissão, manter conversas e tirar as conclusões certas no início da nova temporada. Tudo leva tempo, mas tudo vai acontecer a tempo do próximo jogo da Alemanha", finalizou.

9 comentários:

  1. Não dura até o fim do ano,muita pressão por parte da torcida e vem jogos duros pela liga das nações que vão decretar o seu fim.

    ResponderExcluir
  2. Se ele continuar na teimosia de chamar Tomaz "Mula",Ozil , Kedira e Mário Goma além dos outros que envergonharam a seleção, ele vai pegar descendo logo após a liga das Nações.

    ResponderExcluir
  3. Tem crédito, vamos ver se ele consegue ''renovar'' a seleção.

    ResponderExcluir
  4. É incrível como após 4 anos de trabalho, que redundaram em um fiasco sem precedentes na história da seleção alemã nas Copas, a DFB mantenha o treinador, assim como a própria atitude do treinador em "se manter motivado"! Realmente impresionante esta notícia... Bom, a única explicação que me vem a mente é a máxima romana prevalecendo pactum servanda (ou algo parecido), ou seja: Mantenha-se o CONTRATO! Que Deus ajude a seleção alemã, pois virão tempos difíceis pela proa... Vamos nos preparar para a "micolândia da babamanha", com Löw e sua truppe - como diz um amigo meu, quando o circo pega fogo, quem ri é o palhaço, mas neste caso acho que quem está rindo a toa são os adversários! É um momento muito ruim, dentro e fora de campo para a DFB, infelizmente! Aí que saudades de 1974 e 1990 - quando tinhamos uma verdadeira Equipe (Mannschaft). Ganhar ou perder faz parte da coisa toda, não há só vencedores ou eternos perdedores, seria muita presunção achar que um prevalece sobre o outro, mas o que importa realmente é a forma, o desempenho e neste aspecto a CONDUTA alemã nesta copa foi vergonhosa. Li hoje rapidamente no Bild uma entrevista do técnico da Coréia, dizendo que sentiu e falou para seus atletas que os jogadores alemães "estavam andando em campo", "sem fome de vencer" e que com isto eles (os coreanos) poderiam conquistar uma vitória histórica (apesar de já praticamente eliminados da competição)! Bom, foram os termos que ele usou, não sei o que exatamente ele quis dizer...

    ResponderExcluir
  5. OK Prem a cada mau ,vexatorio , ou terrivel p. Manschaft daqui p. frente a culpa sera` toda da Federaçao e seu presidente do qual deveria pensar na torcida ,na reconstruçaoda imagem da equipe fazendo com essa desgraça seja apenas uma grave falha do passado, porem com essa decisao de manter esse lixo no comando decreta o fim de uma gigante .Fazendo com que seja apenas uma mera seleçao e nao oque sempre foi uma tetracampea mundial e sedenta por vitorias .Jurgen Klopp ja` foda-se LOW , Foda-se porra.

    ResponderExcluir
  6. Eu não por quê todo este ódio com o Löw, a copa foi um vexame, isso é fato, mas durante anos ele fez um trabalho excelente, final da euro 2008, semifinal da copa 2010, semifinal euro 2012, campeã em 2014, campeã em 2017, fora as eliminatórias que foi uma chuva de gols, e muitas vitórias, durante esse tempo perdeu muitos amistosos, empatou e ganhou muitos outros, o trabalho do Löw é correto, o problema foi que ele não podia imaginar que os jogadores não queriam mais jogar, e ao chegar na copa foi aquilo que se viu, vi outro dia no insta, um torcedor pedindo a seguinte escalação para próxima euro: Stegen, Kimmich, Sule, Hummels, Max, Kroos, Rudy, Brandt, Gnabry, Sané e Reus, foi quando notei as estrelas que o Löw terá em mãos, acredito que o Neuer seja a melhor opção ainda, mas de resto, imaginariam como o Low colocaria esse time em campo, o cara conhece o trabalho dele, e a liga das nações já tem a campeã, Alemanha, anotem ai.

    ResponderExcluir
  7. Já era muito evidente a péssima fase que alguns jogadores atravessam desde a Euro 2016 quando Tomás Muller, Kedirae Ozil já estavam muito apáticos. Depois vieram os amistosos com a seleção jogando muito abaixo do seu potencial e empatando com Inglaterra, França e Espanha, mas o momento de maior preocupação foi a partir da derrota para o Brasil por 1 a 0 em Berlim encerrando uma sequência de 22 jogos invictos que pela terceira vez na estória foi quebrado pelo Brasil. Depois os jogos medíocres contra Áustria e Arábia Saudita onde a Alemanha teve enormes dificuldades perdendo o primeiro jogo e vencendo os sauditas por 2 a 1 com chances de ter a partida empatada nos instantes finais. Na copa já dava pra saber que a seleção não iria longe pois Joachim Low nas entrevistas ficava se vangloriando e afirmava que a Alemanha era a seleção a ser batida , que era a maior favorita , que era a melhor pelo ranking da FIFA e isso encheu a bola dos jogadores que acharam que seria moleza e que venceria facilmente os jogos. Decepção já na estreia e depois um jogo dramático contra a Suécia em que deu a impressão que haveria uma mudança na forma de jogar. Ter usado jogadores já em fase terminal como Ozil , Kedira, Muller, Gundogan, Boateng, Humnels e todos os outros que jogaram mal foi a causa desse vexame. Não ter levado Sane , Sandro Wagner e outros bons jogadores para essa copa foi crucial e decisivo para a eliminação precoce. Em setembro a gente vai ver Low convocando esses mesmos jogadores em fim de carreira e em péssima fase atuando na liga das Nações e passando vergonha outra vez. Tem que escalar novos talentos como os que jogaram as olimpíadas e outros que tem feito boas atuações na bundesliga.

    ResponderExcluir
  8. CONCORDO COM A escalação para próxima euro: Stegen (mas TAMBEM prefiro o NEUER), Kimmich, Sule, Hummels (HÜDGER), Max, Kroos, Rudy, Brandt, Gnabry, Sané e Reus,

    ResponderExcluir
  9. Apoio Low. Ele é o menos culpado dessa vergonha toda. Fora Ozil e Khedira.

    ResponderExcluir