Ad Home

Últimas

Ulreich falha feio, árbitro erra e empate contra o Real na Espanha elimina o Bayern da Champions

Fim do sonho do hexa para o Bayern de Munique na Liga dos Campeões. A equipe bávara chegou a buscar o empate por 2 a 2 contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu, pressionou bastante no fim da partida, mas está fora da competição já que perdeu por 2 a 1 em casa, na semana passada.


Eliminado na semifinal da Champions e restando apenas duas rodadas para o fim da Bundesliga, onde o time já é campeão por antecipação, o Bayern foca agora suas atenções para a final da Copa da Alemanha, no dia 19 de maio, diante do Eintracht Frankfurt.

Precisando vencer, o Bayern partiu com tudo para cima do Real Madrid e abriu o placar logo aos três minutos, com Kimmich aproveitando rebatida errada de Sergio Ramos. A vantagem durou pouco tempo, já que aos 11, após cruzamento de Marcelo, Benzema cabeceou livre e empatou o jogo na Espanha.

Com mais posse de bola, o time alemão chegou perto do segundo gol com James Rodríguez, que finalizou de dentro da pequena área e mandou por cima.

No final do primeiro tempo, Kimmich cruzou e o brasileiro Marcelo colocou a mão na bola dentro da área. Os jogadores do Bayern pediram pênalti, mas o árbitro ignorou o toque e mandou o jogo seguir. Penalidade clara.

O segundo tempo começou com gol do Real antes do primeiro minuto. Tolisso recuou para Ulreich, que se atrapalhou todo antes mesmo de chegar na bola e deixou ela livre para Benzema só rolar para o gol vazio. O segundo tento abalou os alemães e os anfitriões tiveram duas boas chances para anotar o terceiro.

A equipe de Munique aos poucos foi retomando o controle da partida e voltou a incomodar a defesa espanhola. Navas fez duas defesaças em chutes de Alaba e Müller, mas não pegou a de James. O colombiano finalizou de primeira um cruzamento de Süle, a bola explodiu em Varane e o próprio James pegou o rebote para balançar as redes.

A partir do novo empate, o duelo ficou bem aberto. O Bayern continuava em cima do adversário e criando muitas oportunidades, enquanto o Real se arriscava em contra-ataques perigosos. Tolisso quase marcou o terceiro tento bávaro, mas Navas defendeu o chute à queima roupa.

Com os altos Sandro Wagner e Javi Martínez em campo, o time visitante tentou marcar o gol da classificação de qualquer maneira, mas a pressão final não surtiu efeito e o Real ficou com a vaga. Graças ao goleiro Navas, que garantiu sua meta.


4 comentários:

  1. é verdade que a arbitragem falhou, mas pode por na conta do senhores: Rafinha e Ulreich!

    ResponderExcluir
  2. Automaticamente vai pra conta dos jogadores e o time que representam. Agora quando o arbitro falha em lances decisivos nao vai pra conta do arbitro, pois o arbitro nao é do bayern. Ou seja é justo cair fora por falha de um jogador da propria equipe, mas cair fora por falha do arbitro nao é justo. Abc

    ResponderExcluir