Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Hamburgo é rebaixado, Dortmund e Hoffenheim vão para Champions e Bayern apanha feio em casa

Depois de bater na trave nas últimas temporadas, dessa vez não deu para o tradicional Hamburgo. Mesmo vencendo o Borussia M'gladbach por 2 a 1, em casa, o time foi rebaixado pela primeira vez em sua história - até hoje, o HSV é o único clube que jogou todas as edições da Bundesliga, desde 1963. Já não será mais.

O relógio no estádio que marca o tempo de permanência do time na primeira divisão vai parar: 54 anos, 261 dias, 00 horas, 36 minutos e 18 segundos.


Aaron Hunt abriu o placar de pênalti aos 11 minutos de jogo, com Drmic empatando ainda na etapa inicial. Os dois times tiveram chances claríssimas para sair com a vitória, mas quem balançou as redes mais uma vez foram os anfitriões, em tento de Holtby.


No fim do jogo, já nos acréscimos, alguns torcedores do Hamburgo ficaram revoltados com o doloroso rebaixamento e atiraram bombas no campo, paralisando o duelo. A polícia teve que entrar no gramado para conter os ânimos e acabar com as cenas lamentáveis. A grande maioria da torcida aplaudiu os seus jogadores.


A queda do HSV poderia ter sido evitada neste sábado, mas o Wolfsburg derrotou Colônia por 4 a 1, se salvou da queda direta e terá que disputar o playoff do descenso contra o Holstein Kiel, terceiro colocado da segunda divisão. Guilavogui, Origi, Knoche e Brekalo anotaram para os Lobos, e Hector fez o gol do lanterna.

O Freiburg também corria o risco de ter que disputar a repescagem, mas venceu o Augsburg em casa e se garantiu na elite. No final das contas, o Hamburgo ficou com 31 pontos, o Wolfsburg com 33 e o Freiburg com 36.

Vagas nas competições europeias


Em duelo direto por vaga na Champions League, o Hoffenheim recebeu o Borussia Dortmund e venceu por 3 a 1, ficando em terceiro na tabela e se classificando para principal competição europeia da próxima temporada. O BVB, apesar da derrota, terminou o campeonato no quarto lugar e também vai para Liga dos Campeões.

Ambos os times ficaram com 55 pontos, mas o Hoffenheim teve um gol a mais de saldo.

Em uma falha bizarra do goleiro Bürki, Kramaric colocou o Hoffe na frente do placar, no primeiro tempo. O Dortmund chegou a empatar no segundo tempo com Marco Reus, mas Szalai recolocou os donos da casa na frente na sequência. Na reta final do duelo, Kaderabek definiu o placar, para delírio dos torcedores na Rhein-Neckar-Arena.


O Bayer Leverkusen também almejava uma vaga na Champions, mas terá que se contentar com a Liga Europa. Os Leões venceram o Hannover por 3 a 2 (Alario duas vezes e Brandt), também terminaram com 55 pontos, mas ficaram na quinta colocação por terem saldo de gols menor do que BVB e Hoffe.


Outro que também sonhava era o RB Leipzig. Apesar de enfiar 6 a 2 no Hertha, em Berlim, torcia por derrotas de Hoffenheim e Bayer Leverkusen, o que não aconteceu. Os Touros também vão para Liga Europa. Upamecano, Lookman (2), Augustin (2) e Timo Werner balançaram as redes do lado visitante, com Ibisevic e Kalou descontando.

Campeão apanha em casa


No jogo que recebeu a salva de prata pelo título da temporada, o Bayern de Munique decepcionou sua torcida na Allianz Arena e apanhou feio do Stuttgart: 4 a 1. A vitória deixou os Suábios na sétima posição e, caso o Bayern conquiste a Copa da Alemanha no final de semana que vem, a equipe fica com uma vaga na Liga Europa.

Ginczek fez o primeiro do Stuttgart após jogadaça de Donis, Tolisso empatou e, na sequência, o próprio Donis recolocou os visitantes em vantagem. No segundo tempo, Akolo e novamente Ginczek decretaram a incrível goleada do Stuttgart na casa do campeão. E tudo em contra-ataques mortais.

Confira os resultados da última rodada:

Bayer Leverkusen 3 x 2 Hannover
Bayern de Munique 1 x 4 Stuttgart
Freiburg 2 x 0 Augsburg
Hamburgo 2 x 1 Borussia M'gladbach
Hertha Berlim 2 x 6 RB Leipzig
Hoffenheim 2 x 1 Borussia Dortmund
Mainz 1 x 2 Werder Bremen
Schalke 1 x 0 Eintracht Frankfurt
Wolfsburg 4 x 1 Colônia

Nenhum comentário