Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 30ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Oliver Baumann (Hoffenheim)

O Hoffenheim teve uma exibição bastante segura diante do Hamburgo e venceu com muitos méritos. Porém quando precisou, Baumann estava debaixo das traves para garantir que sua equipe não sofresse qualquer gol. O arqueiro fez cinco defesas ao longo da partida.

Defensores:  Niklas Stark (Hertha Berlim), Naldo (Schalke 04) e Benjamin Hübner (Hoffenheim)

Depois que perdeu Brooks para esta temporada, o Hertha vê em Stark a sua grande força defensiva. Contra o Colônia, não deu qualquer chance ao ataque adversário com 15 limpadas de bola e um aproveitamento de passes de 90%.

A exibição de Naldo a frente da defesa já garantiria por si só um lugar nesta seleção após anular os atacantes do Borussia Dortmund no Revierderby. Mas o zagueiro brasileiro foi além e marcou um verdadeiro golaço em cobrança de falta com um petardo cheio de efeito.

Quem também fez partida soberana no comando defensivo foi Hübner. O zagueiro do Hoffenheim aplicou quatro desarmes e ainda realizou a proeza de ganhar todas as oito divididas que disputou na vitória sobre o Hamburgo.


Meios de campo: Karim Bellarabi (Bayer Leverkusen) e Kai Havertz (Bayer Leverkusen)

Essa dupla só não fez chover na goleada do Leverkusen sobre o Frankfurt, já que cada um deu duas assistências, mostrando o domínio no meio de campo. Havertz foi o autor dos passes para os dois primeiros gols - o segundo foi um primor, um passe de calcanhar - e Bellarabi atuou por apenas 15 minutos, mas o suficiente para colocar Volland duas vezes na cara do gol e só ter o trabalho de empurrar para as redes.

Pontas: Daniel Caligiuri (Schalke 04) e Pablo De Blasis (Mainz)

A temporada de Caligiuri é primorosa. Ele é o dono da ponta-direita do Schalke (por vezes atua na esquerda) e é responsável por boas jogadas quando ao sobe ao ataque, sem se descuidar da defesa e recompor a linha de 5 na fase defensiva. Contra o Dortmund não foi diferente, onde o italiano ainda deu duas assistências.

Depois de sete partidas, o Mainz finalmente venceu uma partida. Não fosse por De Blasis, talvez esse jejum continuasse e a zona do rebaixamento estaria mais próxima. O argentino fez os dois gols da sua equipe, um em pênalti polêmico.

Atacantes: Davie Selke (Hertha Berlim), Kevin Volland (Bayer Leverkusen) e Sandro Wagner (Bayern de Munique)

O Hertha não fazia gols em sem próprio estádio há 350 minutos e via em Kalou a única alternativa para ir as redes nas partidas mais recentes. Isso até Selke aparecer e fazer dois gols em um intervalo de dois minutos, virar a partida e dar a vitória ao time da capital no duelo diante do Colônia.

O Leverkusen está crescendo no momento certo da temporada e um dos pilares dessa ascensão é Volland. O jovem atacante não tomou conhecimento da boa defesa do Frankfurt e marcou hat-trick na goleada por 4x1. Olho nele, Joachim Löw!

Sandro Wagner já deu declarações que é o melhor atacante alemão em atividade no momento. Talvez seja um exagero mas é inegável que ele cumpre muito bem a função de centroavante substituto de Lewandowski no Bayern de Munique. Na goleada por 5x1 sobre o Gladbach, o atacante que almeja vaga na copa marcou dois gols.

Nenhum comentário