Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Bayern vira sobre o Hoffenheim e goleia, BVB busca empate no fim e Schalke vence

Em uma partida cheia de alternativas, o Bayern de Munique venceu o Hoffenheim por 5 a 2, de virada, e manteve a boa folga na liderança da Bundesliga, chegando agora aos 50 pontos na tabela de classificação, cada vez mais perto do hexacampeonato seguido.

O duelo na Allianz Arena, porém, começou complicado para o líder. Logos aos três minutos, Uth abriu o placar para os visitantes pegando rebote de penalidade batida por Gnabry e defendida por Ulreich. Poucos minutos mais tarde, Gnabry se redimiu e ampliou o marcador finalizando de fora.

Com dois gols de desvantagem, o Bayern acordou e diminuiu com o artilheiro Lewandowski, que deu um leve toque na bola após chute de Kimmich. Ainda no primeiro tempo, Robben cruzou e Boateng empatou o placar de cabeça.

Na etapa final, os donos da casa seguiram com muito mais posse de bola e definiram o triunfo de virada com gols de Coman, aos 18 minutos, e Vidal, aos 21, para alegria geral dos torcedores que lotaram o estádio. Ainda deu tempo para Sandro Wagner deixar sua marca nos acréscimos.


O segundo colocado é o Schalke, que foi aos 34 pontos depois de vencer o Stuttgart fora de casa com gols de Naldo, de cabeça, e Harit, de pênalti. O Bayer Leverkusen entra em campo no domingo e pode igualar a pontuação dos Azuis-Reais.

E o Borussia Dortmund, mesmo contando com o retorno do atacante Aubameyang, não conseguiu vencer o Freiburg em casa e ficou no empate por 2 a 2. Kagawa fez o primeiro do BVB, Petersen empatou ainda na etapa inicial e depois, já no segundo tempo, deixou sua marca para virar o jogo a favor do time da Floresta Negra. Nos acréscimos, Toljan empatou.

O tropeço em pleno Signal Iduna Park deixa os aurinegros fora da zona de classificação para as Champions League, com 31 pontos.

Nos outros jogos deste sábado, empate por 1 a 1 entre RB Leipzig e Hamburgo, em Leipzig, e outra igualdade em um gol entre o lanterna Colônia e o Augsburg - gol do brasileiro Caiuby. Igualdade também em Bremen, onde Werder e Hertha Berlim não saíram do zero.

Nenhum comentário