Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 17ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Sven Ulreich (Bayern de Munique)

Quando assumiu a titularidade bávara por conta da lesão de Neuer, Ulreich foi bastante criticado após falhar em vários lances. Mas o goleiro reserva não se intimidou e hoje demonstra bastante segurança para guardar as redes do Bayern. Contra o Stuttgart, como se não bastasse três defesas díficeis com bola rolando, ainda pegou um pênalti no último minuto da partida para garantir os três pontos de sua equipe.


Zagueiros: Philipp Max (Augsburg), Dominique Heintz (Colônia) e Julian Korb (Hannover)

Max recebe a bola na ponta esquerda e cruza para a área. Algum companheiro de time desvia a bola e marca um gol. Mais uma vez esse filme se repetiu no jogaço do Augsburg contra o Freiburg. Além da assistência conferida, o lateral esquerdo ainda deus dois bons passes que deixaram seus colegas de time na boa para marcar, mas acabaram desperdiçando.

Depois de 16 jogos sem conseguir uma única vitória, o Colônia finalmente venceu. Azar do Wolfsburg, que esbarrou em uma boa exibição defensiva dos Bodes. Nesse contexto, o principal pilar foi Heintz, que esteve sempre bem posicionado e venceu todas as 7 dividadas que disputou.

O lado direito ofensivo do Hannover tem nome e sobrenome na rodada do fim de semana: Julian Korb. Se ele defensivamente deixou espaços, quando foi ataque foi bastante eficiente. Um gol e uma assistência no empate emocionante com o Leverkusen.

Meio de campo: Felix Klaus (Hannover) e Tim Kleindienst (Freibrug)

Outro que se destacou pelo Hannover foi Klaus. Mais uma vez o camisa 11 articulou as principais jogadas da equipe, sendo assim perigo constante. Não é coincidência que tenha dado uma assistência e ainda sofrido um pênalti que resultou em gol.

Se o Freiburg conseguiu pela segunda vez em três jogos chegar aos três gols na partida, deve isso a Kleindienst. Se não marcou contra o Augsburg, o camisa 34 foi responsável pelos três passes que resultaram em gol para o time da Floresta Negra.

Pontas: Leon Bailey (Bayer Leverkusen) e Thorgan Hazard (Borussia Mönchengladbach)

Já está virando rotina Bailey estar presente na seleção da rodada. Jogando apenas os 45 minutos finais, o jamaicano foi como sempre incisivo, rápido e eficiente nas finalizações. Acabou sendo premiado com dois gols no empate do Leverkusen com o Hannover.

Não é exagero dizer que Hazard vem sendo o melhor jogador do Gladbach na temporada. Contra o Hamburgo, o belga novamente desequilibrou abusando das jogadas pelas pontas e também aparecendo para finalizar. Um gol e uma assistência saíram dos seus pés.

Atacantes: Raffael (Borussia Mönchengladbach), David Selke (Hertha Berlim) e Alfred Finnbogason (Augsburg)

Fazia tempo que Raffael não fazia uma partida de encher os olhos pelo Gladbach. Porém os Potros conseguiram a vitória sobre o Hamburgo muito por conta da sua atuação. O brasileiro marcou duas vezes e ainda deu uma assistência, participando assim dos três gols da sua equipe.

O jogo que já não era fácil para o Hertha ficou ainda mais complicado quando o time da capital teve um jogador expulso logo no início da partida. Porém Selke tratou de acertar as coisas contra o seu ex-time RB Leipzig. Ele esteve envolvido em 6 dos 7 chutes a gol da sua equipe, sendo que dois deles foram parar no fundo das redes.

Depois de abrir o placar para o Augsburg, parecia que Finnbogason veria um derrota de sua equipe depois de três gols sofirdos em seguida. Já nos acréscimos, porém, o islandês foi buscar o empate com dois gols de cabeça, totalizando assim a partida com um sonoro hat-trick.

Nenhum comentário