Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Acorda aí! Alemanha fica no zero com a Inglaterra em amistoso morno e sonolento

Alemanha e Inglaterra fizeram um jogo amistoso bastante morno no Estádio de Wembley, na cidade de Londres, e não saíram do empate por 0 a 0. O primeiro tempo até que teve alguns bons lances ofensivos, principalmente por parte dos alemães, mas o segundo tempo foi sonolento, praticamente sem oportunidades.

Clique aqui e confira a agenda de jogos completa da Alemanha

O próximo jogo da Mannschaft está marcado para terça-feira que vem, dia 14 de novembro, diante da França, na cidade de Colônia. Será a última partida dos atuais campeões mundiais em 2017.

O duelo diante dos ingleses marcou a estreia da nova camisa branca para Copa do Mundo de 2018.


Poupando Kroos e Khedira, o técnico Joachim Löw mandou a campo o time no esquema 3-5-2, com Ginter, Hummels e Rüdiger formando o miolo de zaga. Os alas foram Kimmich e o estreante Halstenberg, lateral-esquerdo do RB Leipzig, completando o meio de campo ao lado de Gündogan e Özil. O ataque teve Draxler, Sané e Werner.

Em um primeiro tempo sem gols, a Alemanha foi superior e criou mais chances de perigo. Em duas oportunidades claríssimas, Timo Werner recebeu livre na área e parou em defesas difíceis do goleiro Pickford - em um desses lances, o rebote sobrou nos pés de Sané, que tentou acertar o canto e viu o zagueiro Phil Jones tirar de cabeça, em cima da linha.

Por falar em Sané, o atacante do Manchester City quase abriu o marcador em uma finalização colocada de fora da área, mas a bola explodiu no travessão.

A Inglaterra assustou apenas nos cinco minutos finais da etapa inicial. O atacante Abraham chegou perto de balançar as redes ao ter o chute travado por Rüdiger já dentro da área, com a bola saindo pelo lado, raspando a trave de Stegen.

Os donos da casa voltaram para o segundo tempo mais ligados e exigiram uma boa defesa de Stegen em cabeçada perigosa de Vardy, logo nos primeiros minutos. Em outra boa chance, o volante Dier chegou na linha de fundo e cruzou para o meio da pequena área para o corte providencial de Hummels.

A primeira finalização da Alemanha no segundo tempo aconteceu apenas aos 33 minutos, quando Emre Can tentou de longe e errou o alvo, sem oferecer qualquer perigo. No geral, as defesas se sobressaíram sobre os ataques e o duelo ficou amarrado no meio de campo, sem emoção ou jogadas ofensivas de maior efetividade.

Aos 48, no apagar das luzes, Lingard quase marcou para Inglaterra, chutando por cima do gol da entrada da pequena área.

Escalações:

INGLATERRA: Pickford, Stones , Phil Jones (Gomez) e Maguire; Trippier (Walker), Dier, Livermore (Cork) e Danny Rose (Bertrand); Loftus-Cheek, Abraham (Rashford) e Vardy (Lingard). Técnico: Gareth Southgate

ALEMANHA: ter Stegen, Ginter, Hummels e Rüdiger; Kimmich, Gündogan (Rudy), Özil e Halstenberg; Draxler (Emre Can), Sané (Brandt) e Timo Werner (Sandro Wagner). Técnico: Joachim Löw

Veja mais fotos do jogo:









Um comentário:

  1. Se jogar dessa forma contra a França, a Alemanha vai encontrar muitos problemas e provavelmente deve sair derrotada em campo.

    ResponderExcluir