Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção da 8ª rodada da Bundesliga - Chucrute FC / Alemanha FC

Por Vitor Rawet

Goleiro: Yann Sommer (Borussia Mönchegladbach)

Em uma rodada que poucos goleiros saíram sem sofrer gols, Sommer foi uma das poucas exceções e ajudou o Gladbach a garantir os três pontos. No total, o goleiro suiço fez cinco defesas ao longo da partida.

Laterais: Joshua Kimmich (Bayern de Munique) e Wendell (Bayer Leverkusen)

Na reestreia de Jupp Heynckes no Bayern, o time não tomou conhecimento do Freiburg e goleou por 5 a 0. Quem pareceu não sentir a troca do técnico e continuou jogando muito bem foi Kimmich. O substituto de Lahm foi sempre ao ataque com perigo e marcou um bonito gol de letra já no final da partida.

E tem brasileiro na seleção da rodada! Contra o Wolfsburg, Wendell cumpriu com a sua função na defesa e ainda foi ataque, onde contribuiu para o empate dos Aspirinas com uma assistência.

Zagueiros: Jannik Verstergaard (Borussia Mönchengladbach) e Naldo (Schalke 04)

Se tem algo já provado no futebol, é que a lei do ex é sempre válida. Até mesmo o controverso zagueiro Verstergaard conseguiu marcar contra a sua antiga equipe, o Werder Bremen. Não só isso, ainda fez boa exibição defensiva ao não dar qualquer chance ao ataque dos Papagaios.

Wendell não foi o único brasileiro a se destacar na rodada. Soberano na defesa do Schalke com 91% de passes certos e cinco passes longos, Naldo ainda foi ao ataque e deu assistência para o segundo gol dos Azuis-reais no triunfo sobre o Hertha Berlim.

Meios de campo: Thiago Alcântara (Bayern de Munique), Leon Gortezka (Schalke 04) e Lars Stindl (Borussia Mönchengladbach)

Thiago deu mostras que pode voltar a ser o jogador que brilhou na temporada passada. 93% de aproveitamento nos passes, presença por todo o campo, três passes importantes, dois dribles e três chutes a gol são as credenciais para tal. Pra coroar, fez um belo gol em chute de fora de área.

Seja na seleção, seja no clube, Goretzka continua a fazer excelentes partidas. Nesse fim de semana não foi diferente, já que o provável presente na próxima copa do mundo tomou conta do meio campo do Schalke e ainda abriu o placar da partida em gol de pênalti.

Outro que voltou da seleção alemã em grande forma foi Stindl. Construindo jogadas e sempre levando perigo, o camisa 13 foi o principal nome dos Potros com um bonito drible e um chute quase sem ângulo para vencer o goleiro Pavlenka e marcar o gol.


Pontas: Bruma (RB Leipzig) e Kingsley Coman (Bayern de Munique)

Se o jogo fora de casa contra o Borussia Dortmund era díficil, Bruma tratou de facilitá-lo para o Leipzig. O português fez uma linda jogada ao driblar Toljan e colocar Poulsen na boa para marcar o gol da virada dos Touros. Ainda tomou conta do lado esquerdo ofensivo durante toda a partida.

Se com Ancellotti Coman não estava rendendo o que era capaz, com Heynckes parece que o francês voltou a jogar o que sabe. Não foram poucas as tabelas e enfiadas geradas por ele, que foi premiado com um gol e uma assistência.

Atacante: Sebastien Haller (Eintracht Frankfurt)

Apesar de muitos gols, o fim de semana não ficou marcado por grande exibições de atacantes. Mas Haller quebrou esse padrão participando dos dois gols (um gol e uma assistência) das Águias na vitória sobre o Hannover.

Nenhum comentário