Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Colônia volta atrás e desiste de pedir anulação do jogo contra o Borussia Dortmund

Durou poucas horas a intenção do Colônia em pedir a anulação do jogo contra o Borussia Dortmund por conta de uma polêmica com o árbitro de vídeo. Nesta terça-feira, em uma nota oficial divulgada em seu site, a diretoria dos Bodes anunciou que desistiu de protestar na DFB (Federação Alemã), aceitando a derrota por 5 a 0.

A diretoria dos Köln reclamou que o segundo gol do BVB, anotado por Sokratis e que teve ajuda do árbitro de vídeo, foi ilegal. Para Jörg Schmadtke, diretor do Colônia, o juiz principal do duelo já havia marcado falta do zagueiro grego sobre o goleiro Horn e não poderia aceitar a decisão do VAR, que depois validou o tento.


Em entrevista ao "Sport 1" logo depois da partida, o dirigente admitiu que o clube pediria a remarcação do duelo por conta disso. "Foi uma decisão irregular, que vai contra as regras. Por isso, pediremos que a partida seja jogada novamente. Vamos protestar contra o resultado. Vejo que existem boas chances de essa partida ser anulada e jogada novamente", disse na ocasião.

Vale lembrar que, nessa mesma partida, o árbitro Lutz Michael Fröhlich teve outro auxílio do vídeo e anotou um pênalti para o Borussia Dortmund, convertido por Aubameyang.

O Colônia, no entanto, não vai mais pedir a anulação por considerar que as perspectivas do protesto são baixas. Mas o clube deixou claro no comunicado que tratou-se de uma atitude irregular da arbitragem e fez um alerta à DFB para que isso não ocorra mais nos jogos da Bundesliga.


Nenhum comentário