Ad Home

Últimas

teste de anúncio

Seleção alemã vence a primeira na Euro feminina e elimina a Itália

Depois de empatar sem gols na estreia da Euro feminina, a seleção alemã conquistou sua primeira vitória na competição que está sendo disputada na Holanda. Nesta sexta-feira, as meninas germânicas fizeram 2 a 1 sobre a Itália e, de quebra, eliminaram a equipe rival da competição - com quatro pontos, as alemãs estão na segunda colocação do grupo B, mesma pontuação das suecas, que lideram pelo saldo de gols.


Na próxima terça-feira, dia 25 de julho, a Alemanha encara a Rússia e um empate já garante o time da técnica Steffi Jones nas quartas de final. A ideia, no entanto, é vencer as russas para tentar ficar com a primeira colocação.

Diante das italianas, a escalação foi essa: Schult, Maier, Henning (Hendrich), Peter e Kerschowski; Demann, Dallmann (Magull), Däbritz e Marozsan; Mittag e Islacker (Petermann).

Melhor durante toda partida, a Alemanha saiu na frente aos 19 minutos, com Henning. A Itália buscou o empate ainda na etapa inicial, em tento anotado por Ilaria Mauro, mas aos 22 minutos do segundo tempo, Mittag sofreu pênalti e Peter bateu com categoria para recolocar as germânicas em vantagem.

A italiana Bartoli foi expulsa dois minutos depois do segundo gol, facilitando as coisas para as alemãs, que criaram outras boas chances e administraram o triunfo até o apito final.

Campeã das últimas seis edições da Eurocopa (2013, 2009, 2005, 2001, 1997 e 1995), a Alemanha busca seu nono título na competição, o eneacampeonato. Além desses, a Frauen-Nationalmannschaft também levantou a taça em 1991 e 1989, completando as oito conquistas.

Um comentário:

  1. Acho que Inglaterra e França estão atualmente com seleções melhores e ainda tem a Holanda, que jogando em casa tem boas possibilidades de chegar à final. O futebol feminino vem ano a ano tornando-se mais competitivo e isso é muito bom para a categoria. A Alemanha não "passeia" mais como antes, mesmo nas categorias de base, vide os últimos campeonatos. Seria mais interessante, que ganhasse esta Euro, uma outra seleção, afinal o legal no esporte é se ter disputa (aspecto, por exemplo, que não há no basquete, pois os USA ganham sempre, com facilidade, diga-se de passagem, o que torna as competições internacionais menos atrativas. A F-1 também tem este "problema", no máximo dois pilotos competem. Há outros exemplos, mas para o futebol não seria bom se ter esta característica!).

    ResponderExcluir