Na busca pelo enea, Alemanha esbarra na Suécia na estreia da Euro feminina



Não foi a estreia que todos esperavam. Maior vencedora da Eurocopa feminina com oito títulos conquistados, a Alemanha abriu sua participação na edição de 2017, na Holanda, com empate por 0 a 0 diante da Suécia - o duelo foi a reedição da final olímpica do Rio 2016, que terminou com triunfo das germânicas no Maracanã.


Na próxima sexta-feira, dia 21 de julho, as alemãs encaram a Itália, que perdeu da Rússia em sua estreia na chave B. Depois, em 25 de julho, o desafio é diante das russas, fechando a participação na fase de grupos.

Campeã das últimas seis edições da Eurocopa (2013, 2009, 2005, 2001, 1997 e 1995), a Alemanha busca seu nono título na competição, o eneacampeonato. Além desses, a Frauen-Nationalmannschaft também levantou a taça em 1991 e 1989, completando as oito conquistas.

A treinadora Steffi Jones colocou em campo a seguinte equipe: Schult, Blässe (Maier), Henning, Peter e Simon; Demann, Magull, Däbritz e Marozsan; Huth (Islacker) e Mittag (Kayikci).

Mesmo com domínio absoluto durante todos os 90 minutos de jogo, a seleção alemã não conseguiu furar a forte defesa sueca. A goleira Lindahl fez, pelo menos, três boas defesas na partida. O primeiro tempo foi um pouco mais equilibrado, mas a etapa final foi de praticamente ataque contra defesa, sem bolas na rede.
    Comente a matéria
    Comente pelo Facebook

0 comentários :

Postar um comentário